• Visualizações 639

Brasil vence Camarões e lidera chave do torneio feminino de futebol

Fancielle, Renata, Marta e Cristiane marcaram os gols. Com o resultado a equipe lidera o Grupo E, ao lado da Grã-Bretanha, que venceu a Nova Zelândia por 1 a 0.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A seleção brasileira feminina de futebol não encontrou dificuldades para golear Camarões por 5 a 0, em Cardiff, em sua estreia nos Jogos Olímpicos.

Fancielle, Renata, Marta e Cristiane marcaram os tentos do Brasil. Com o resultado, a equipe dirigida por Jorge Barcellos lidera o Grupo E, com três pontos, ao lado da Grã-Bretanha, que mais cedo havia vencido a Nova Zelândia por 1 a 0. O Brasil leva vantagem no saldo de gols.

As duas melhores seleções de cada chave avançam às quartas de final, assim como os dois melhores terceiros colocados. O Brasil volta a campo no sábado, dia 28, quando enfrenta a Nova Zelândia.

O jogo

As camaronesas não quiseram saber se do outro lado estavam as bi-vices campeãs olímpicas. Foram para o ataque. Formiga avançou pelo meio da defesa rival e foi derrubada antes de invadir a área. Francielle cobrou a falta por cima da barreira e a goleia não alcançou. Brasil 1 a 0, aos seis minutos.

Três minutos depois, Francielle bateu escanteio, a zagueira Renata cabeceou livre e ampliou a vantagem. O Brasil passou a administrar a bola, com alguns lampejos de genialidade da atacante Marta, eleita por cinco vezes a melhor jogadora do mundo.

A única atleta de Camarões que levou algum perigo foi a meia Onguene. A jogadora deu trabalho para as defensoras brasileiras, mas não conseguiu concluir os lances com êxito. No segundo tempo, o técnico brasileiro Jorge Barcellos voltou com Cristiane no lugar de Thaisinha.

Logo Cristiane deu um passe para Marta. Livre, ela tentou o toque por cima da rival e caiu. A árbitra nada assinalou e só deu tiro de meta para Camarões.

Dezoito minutos depois, Marta foi derrubada por Beyene na área. Desta vez, a árbitra marcou a infração. A própria camisa 10 converteu a penalidade. Aos 35min, Marta deu uma assistência para Cristiane no meio da zaga camaronesa. A atacante driblou a goleira e concluiu para a meta vazia.

Ainda deu tempo de Cristiane fazer fila na defesa adversária e servir Marta na pequena área. Sozinha, ela só empurrou para o gol.

Informações de Folha de São Paulo

FOTO: Luca Bruno / Associeted Press

Compartilhar

Dilma Rousseff e mais de cem dirigentes realizam cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos

Avançar »

Dupla Gre-Nal: Técnicos aproveitam bom desempenho e planejam futuro dos times

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*