• Visualizações 435

TST adia julgamento de habeas corpus de Oscar

Meia segue jogando pelo Inter. Advogado do atleta destaca que negociação entre Oscar, o Inter e São Paulo está avançada.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O julgamento do mérito do habeas corpus do jogador Oscar foi adiado por 15 dias nesta terça-feira, dia 22. A decisão foi tomada pela Subseção 2 Especializada em Dissídios Individuais, do Tribunal Superior do Trabalho – TST.

A Seção atendeu ao pedido formulado pelo advogado do jogador, que revelou estar em curso uma adiantada negociação entre o atleta, o Inter e o São Paulo Futebol Clube. O advogado do São Paulo aceitou a solução proposta.

Segundo o site do TST, o relator do habeas corpus, ministro Guilherme Caputo Bastos, não se opôs à solicitação dos advogados, e destacou que o adiamento é a medida mais “prudente” a ser adotada. Durante o julgamento, o ministro Pedro Paulo Manus se declarou impedido.

No dia 26 de abril, o ministro do TST Guilherme Caputo Bastos havia concedido o habeas corpus a Oscar para que o meia voltasse a atuar pelo Inter. Com força de liminar, o despacho do ministro anulou a decisão do TRT paulista, que havia devolvido ao São Paulo o vínculo do atleta.

Informações de Zero Hora

FOTO: divulgação / Jefferson Bernardes

Compartilhar

Cristiano Ronaldo diz que é melhor que Messi

Avançar »

Noite de decisões nas quartas de final na Copa do Brasil e Libertadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*