• Visualizações 462

Não deu. Mas valeu a garra, Nóia!

Após empate em 1 a 1 no tempo normal o jogo de intensa movimentação no Estádio do Vale terminou com vitória do Caxias, nos pênaltis. Com o resultado o Caxias saiu vitorioso da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaucho de 2012. Ainda assim a equipe anilada teve a melhor campanha da primeira fase.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A partida da noite desta quarta-feira iniciou com maior atitude do time grená. O Novo Hamburgo evoluiu durante todo o primeiro tempo e tomou conta do jogo na segunda etapa, criando boas oportunidades, incluindo a jogada que resultou no gol anilado, e demonstrando ser um time de qualidade. A equipe, atuou como se fossem guerreiros, com a virtude da entrega e da doação do início ao fim para proteger o seu território.

Aos 10 min, o goleiro Eduardo Martini lançou a bola para o ataque, Mendes subiu mais alto e de casquinha deixou Juba em boa condição para o arremate, o atacante bateu forte para fora. Com 18 min, Mendes recebeu passe preciso, e de fora da grande área, cortou para a esquerda e bateu forte, assustando a meta grená.

Três minutos depois, Mendes novamente apareceu. Após bate rebate da zaga do time da Serra, a bola sobrou no seu pé, e de esquerda obrigou o goleiro Paulo Sérgio a fazer uma grande defesa, evitando o primeiro gol anilado. Aos 24 minutos, o Caxias abriu o placar com Vanderlei, deslocando no canto direito do goleiro anilado.

Depois do gol, só deu Novo Hamburgo. O time do Vale do Sinos, procurou a todo momento empatar a partida e teve maior poder ofensivo. Aos 28 minutos Leandrinho chutou forte de fora da área, o goleiro do Caxias deixou escapar e no rebote o zagueiro Alexandre quase empatou a partida. Aos 37 min, Clayton que entrou na partida no lugar de Pedrinho, recebeu, girou, e encontrou Marlon livre pela meia esquerda, o lateral ajeitou e soltou a bomba, Paulo Sérgio novamente fez boa defesa.

E o milagre do primeiro tempo ocorreu aos 41 min. Após escanteio cobrado, o zagueiro Alexandre desviou de cabeça com velocidade, a bola ia entrando e o goleiro salvou milagrosamente.

O Nóia voltou para a segunda etapa aplicando forte pressão no time caxiense. Logo aos 6 min, tabela de Leandrinho com Márcio Hahn na entrada da área, o volante anilado bateu colocado, obrigando o arqueiro grená a mandar para escanteio. Dois minutos depois, pressão total do Novo Hamburgo. Juba encostou para Marlon bater rasteiro forte, o arqueiro do Caxias novamente executou grande defesa evitando o empate.

Aos 13 minutos, o setor defensivo do anilado recuperou a bola, ligando diretamente o volante Márcio Hahn, que encontrou Clayton livre, o meia ajeitou e bateu com precisão obrigando o goleiro mandar para escanteio.

O gol era uma questão de tempos e foi através da pressão que, aos 14 minutos, o Novo Hamburgo encontrou o caminho. Clayton fez um lançamento longo perfeito para Márcio Hahn na meia direita, o volante que teve uma atuação destacada, conduziu a bola e cruzou na medida para Mendes deslocar de cabeça do até então implacável goleiro Paulo Sérgio, sacramentando o empate do Nóia.

Com 31 minutos, Márcio Hahn cobrou falta perfeita pela esquerda, obrigando o arqueiro do Caxias a mandar para escanteio. O Nóia seguiu melhor mas os jogadores do Caxias conseguiram segurar o empate. Daí para frente, já com os jogadores de ambos os times exaustos pela luta e determinação, a partida caminhou para sua disputa final nas penalidades.

Nos pênaltis, Michel, Umberto e Paraná converteram as cobranças para o Caxias, enquanto Mateus errou. Pedro Silva e Marlon marcaram para o Novo Hamburgo, mas Macaíba, Clayton e Mendes desperdiçaram para o Noia.

NOVO HAMBURGO 1 (2) x (4) 1 S.E.R. CAXIAS

NOVO HAMBURGO
Eduardo Martini, André Paulino, Alexandre, Luis Henrique, Márcio Hahn (Pedro Silva), Marlon, Pedrinho (Clayton), Zaquel, Mendes, Leandrinho (Paulinho Macaíba) e Juba. Técnico Itamar Schulle

S.E.R. CAXIAS
Paulo Sérgio, Michel, Lacerda, Jean, Umberto, Fabinho, Paraná, Mateus, Vanderlei, Wangler e Caion. Técnico Paulo Porto

Com informações de ECNH e ZeroHora.com

FOTO: Rodrigo Rodrigues / ECNH

Compartilhar

Novela? Câmara adia votação sobre pontos polêmicos da Lei Geral da Copa

Avançar »

Gauchão 2012: Bola volta a rolar na disputa pela Taça Farroupilha

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*