• Visualizações 517

Confusão após jogo de futebol no Egito deixa dezenas de mortos

Emissoras locais afirmam que número de mortos passa de 50. Segundo diretor de hospital, “alguns morreram pisoteados e outros sufocados”.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Torcedores invadiram o gramado durante partida entre os times de futebol Al Masry e Al Ahly, válida pelo Campeonato Egípcio, nesta quarta-feira, dia 1°. O distúrbio deixou dezenas de pessoas mortas e centenas feridas a cidade de Port Said, no nordeste do país.

O secretário-geral do Ministério da Saúde egípcio, Hisham Shiha, anunciou à televisão estatal que há pelo menos 25 corpos no hospital da cidade, vítimas dos confrontos eclodidos após o confronto que terminou com a vitória do Al Masry por 3 a 1. No entanto, após o anúncio, emissoras locais deram conta de que esse número já poderia ter aumentado para mais de 50.

“Alguns morreram pisoteados e outros sufocados”, disse Medhat El-Esnawy, diretor do hospital El-Amiry, em Port Said, em declarações publicadas pelo portal egípcio Ahram Online.

A invasão começou logo após o apito final. Empolgados com a vitória de virada sobre o atual campeão nacional, que ainda não havia sido derrotado na temporada, torcedores do Masry, que já haviam paralisado a partida no meio do segundo tempo por conta de fogos de artifício lançados após a comemoração de um dos gols, invadiram o gramado agrediram jogadores e comissão técnica do Al Ahly.

“Todos jogadores foram brutalmente agredidos. Ficamos presos no vestiário e o nosso técnico não está conosco agora”, disse o lateral-direito Ahmed Fathi em entrevista por telefone ao Ahram.

“Eles não ligam para as vidas das pessoas”

O meia-atacante Mohamed Barakat reclamou da passividade dos policiais diante do caos. “Não tinha ninguém para nos proteger”, disse.

“Mas acho que é a nossa culpa porque fomos a campo jogar a partida. As autoridades tinham medo de cancelar o campeonato porque eles só pensam em dinheiro. Eles não ligam para as vidas das pessoas.”

Em nota oficial, a Federação de Futebol do Egito anunciou que o campeonato nacional do país está suspenso por prazo indeterminado. 

Informações de Globo Esporte

FOTO: reprodução / AFP

Compartilhar

Equipe juvenil do Nóia conquista título na 8ª Taça Saudades

Avançar »

Inter e Flamengo garantem vaga nos grupos 1 e 2 na Libertadores 2012

2 comentários

  1. André C. Ernesto
    1 de fevereiro de 2012

    Muito sinceramente, este comportamento foi muito negativo por parte dos adeptos. É pela primeira vez a ver problemas de género.e quanto a segurança, Eu pergunto a polícia nacional daquele país, se que trabalha , andavam fazer no acto em que começou a confusão? E será que o governo deste mesmo país , é capaz de apostar nesta tal segurança tão inseguro???

    Responder
  2. Gilvan
    1 de fevereiro de 2012

    cara isso é o cumulo. onde é que a humanidade vai parar pois acreditava eu que o esporte seria uma forma de livrar muitas pessoas de perdições. e agora vejo que os brutais estão fazendo essa imagem ser denegrida é um absurdo tudo isso…

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*