Sem vencer, Inter e Grêmio encerram rodada em 10º e 11º na tabela

Colorado precisa de 12 pontos nas próximas (e últimas) quatro rodadas e Roth promete que grupo vai  “se doar” em busca da vitória.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, encerrada neste domingo, dia 13, não terminou bem para a dupla Gre-Nal. A situação do Internacional se complicou após derrota por 1×0 para o Cruzeiro e o Grêmio conquistou apenas um empate no Olímpico.

Leia Mais

Confira a classificação completa

A intenção do técnico colorado Dorival Júnior era conseguir uma série de jogos sem derrota, para buscar o topo da tabela. Nos próximos quatro jogos, contra Bahia, Botafogo, Flamengo e Grêmio, o objetivo continua. Mas está mais difícil. Quatro pontos continuam entre os colorados e o quinto colocado, o Botafogo. A única vez que a equipe chegou perto de enfileirar quatro êxitos foi no final de junho, sob as ordens de Paulo Roberto Falcão.

O Grêmio, agora em 11º, com 47 pontos, conseguiu alcançar o time de Felipão, que chegou a abrir 2×0. A partida chegou ao fim com o placar de 2×2, resultado que Celso Roth credita à superação dos atletas. “Tivemos muitas ausências”, justifica o técnico.

Marquinhos estava suspenso, André Lima ficou fora por dores no joelho direito e Escudero sentiu o joelho esquerdo logo no início do jogo. Só aí estão três dos quatro jogadores do sistema ofensivo gremista, que ficou somente com Douglas dos titulares. “O Palmeiras veio para marcar, se dedicou, achou os gols e teve grande atuação. Mas temos a obrigação de fazer sempre o melhor.”

Após um primeiro tempo ruim, quando Cicinho fez o primeiro, aos 25 minutos, o Grêmio renasceu no jogo ao trocar a formação para 4-3-3. Na etapa complementar, Marcos Assunção fez o segundo, aos 14. A recuperação tricolor veio com Brandão, aos 23, e Fernando, aos 45. “Vamos sempre nos doar em busca da vitória”, prometeu Roth. “Tivemos uma semana cheia de fatos novos. O grupo, mais uma vez, mostrou sua força.”

Em quatro rodadas, Inter

precisa conquistar 12 pontos

A derrota para o Cruzeiro rebaixou o Inter para o décimo lugar na tabela, com 51 pontos. “O que aconteceu agora já ocorreu antes. Temos que analisar bem para fazer a correção. Tem que se ter um grupo competitivo”, comentou o vice de futebol Luís Anápio Gomes.

“A gente não merece estar nessa posição. Mas estamos na décima colocação e temos que ouvir”, disparou Dorival Júnior. O técnico, no entanto, se mostrou insatisfeito com as análises de sua equipe. Para Dorival, o Inter vem sendo vítima do acaso, capaz de ser superior aos adversários, mas ao mesmo tempo infeliz nas finalizações.

“Tirando o jogo com o Palmeiras, quando não merecíamos o resultado, o Inter foi superior aos adversários. E em vários jogos não conseguimos confirmar. O campeonato penalizou o Inter sobremaneira”, afirma.

Para alcançar o aproveitamento atual do último classificado para a Libertadores, o Botafogo, o Internacional precisa de mais doze pontos. Ou seja, 100% de aproveitamento nos quatro jogos que restam.

O próximo jogo do Colorado é contra o Bahia, na próxima quarta-feira, 16, às 20h30min, em casa. O Grêmio volta a campo no mesmo dia e horário, mas visita o Fluminense, no Rio de Janeiro.

Com informações de UOL Esportes

FOTOS:

Edu Andrade / Agência Freelancer

Washington Alves / Vipcomm

Compartilhar

Patinadoras hamburguenses marcam presença em mundial

Avançar »

“Não queremos ninguém que não queira muito jogar no Grêmio”, diz Odone sobre Kleber

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*