Recopa Sul-Americana: Avellaneda é o palco da primeira decisão

Estádio Libertadores de América, em Avellaneda, na Argentina, será o palco do primeiro confronto da decisão entre Internacional e Independiente da Recopa Sul-Americana. Jogo da volta será dia 24 no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Inter entra no gramado do estádio Libertadores de América, em Avellaneda, na Argentina, para enfrentar o Independiente e manter a seqüência de vitórias internacionais. Caso vença a Recopa, o colorado conquistará seu oitavo título internacional, em um período de seis anos.

Mas o adversário dos vermelhos também tem história. Conhecido como o “Rei de Copas”, o Independiente chega para a decisão com o predicado de ter vencido a Sul-Americana de 2010. Nesta quarta-feira, 10, às 21h50min, o Campeão de Tudo e o Rei de Copas iniciam a batalha para colocar mais um troféu em suas vastas galerias. A partida de volta será dentro de duas semanas, no dia 24 de agosto, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Para o primeiro duelo da final, o Rei de Copas contará com a estréia de Gabriel Milito, que já será o capitão do time, em uma tentativa de dar novo ânimo ao time. No meio, estará Matías Defederico, ex-jogador do Corinthians, conhecido da torcida brasileira. Porém, o meia Patrício Rodriguez, lesionado, já está fora do jogo. A situação pode ainda piorar os argentinos também podem ficar sem o atacante Facundo Parra, que fará um teste antes do jogo.

A provável escalação terá: Hilano Navarro, Julián Velázquez, Eduardo Tuzzio e Gabriel Milito; Nicolas Cabrera, Cristian Pallerano, Hernán Fredes, Matias Defederico e Maximiliano Velazquez; Marco Pérez e Facundo Parra.

Já o interino Osmar Loss deixou uma dúvida na escalação colorada para o jogo desta quarta. Ele pode montar o time novamente no 4-4-2, com Dellatorre ao lado de Leandro Damião no ataque e apenas dois volantes, ou remontar o 4-5-1 (esquema implantado por Celso Roth), com Wilson Matias como parceiro de Elton e Tinga no trio de marcação do meio-campo.

Sem os zagueiros Rodrigo e Sorondo, os volantes Bolatti e Guiñazu e os atacantes Zé Roberto e Gilberto, todos em recuperação de lesões, mais o zagueiro Juan e o meia Oscar, a serviço da seleção brasileira sub-20, o Inter deverá ir a campo com: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias (Glaydson/Dellatorre), Elton, Tinga, Andrezinho e D’Alessandro; Leandro Damião.

FOTO: reprodução / GloboEsporte.com

Compartilhar

Amistoso Internacional: Brasil enfrenta a Alemanha em Stuttgart

Avançar »

Amistoso Internacional: Alemanha vence o Brasil e Mano segue sem vencer grandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*