Goleiro sub-20 do Sport agride covardemente jogador do Vasco

Placar marcava 3 a 1 para os cariocas quando goleiro acertou uma “voadora” nas costas do volante Elivélton, que saiu em ambulância.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Esta segunda-feira, dia 25, quase ficou marcada como o dia que um jovem jogador brasileiro teve sua carreira abreviada por uma agressão dentro de campo.

Vasco e Sport jogavam pela terceira rodada da Taça BH de Juniores, na cidade de Barão de Cocais, em Minas Gerais, quando, aos 46 minutos do segundo tempo, o goleiro Gustavo acertou uma “voadora” nas costas do volante Elivélton. A agressão aconteceu quando os jogadores discutiam no gramado, após o vascaíno Romário sofrer falta e ficar no chão esperando atendimento. Longe do lance, o goleiro Gustavo correu a partir da área, saltou e acertou um forte chute nas costas de Elivélton.

O lance desencadeou uma confusão generalizada. Revoltados, os atletas do Vasco tentaram agredir o goleiro do Sport, mas ele foi afastado do campo. Quando os ânimos serenaram, todos estavam de pé, exceto Elivélton. O volante foi removido do campo de ambulância e levado a um hospital com uma contusão na coluna torácica. Os primeiros exames mostraram que o atleta está bem. A Polícia Militar, presente no local, informou que vai registrar boletim de ocorrência por conta da agressão.

Vendo a repercussão da agressão, que chegou a figurar nos Assuntos do Momento brasileiros no Twitter, a diretoria do Sport demitiu Gustavo. Em comunicado em seu site oficial, o clube anunciou o desligamento do goleiro. Confira abaixo:

Comunicado no site do Sport sobre demissão do goleiro Gustavo (reprodução)

Confira as imagens da agressão:

[nh]BpsrThXh_gM[/nh]

FOTO: reprodução

Compartilhar

Cesar Cielo conquista ouro no Mundial de Xangai e se emociona com vitória

Avançar »

Audi Cup 2011: Relembrando o Mundial de 2006, Inter enfrenta o Barcelona

5 comentários

  1. valdecir
    26 de julho de 2011

    essa pessoa nao pode jogar bola, deve ser banida do futebol, ou podera causar danos piores a outros jogadores

    Responder
  2. José A. de Sousa
    26 de julho de 2011

    Entendo que essa atitude foi um ato estremamente covarde pois aquele que não está apto a ir a batalha para vencer ou perder infelizmente não pode ficar no elenco. “vale mais uma derrota com honra, do que uma honra derrotada” Jas/2011. Espero que os ânimos se acalmem e tudo volte ao normal.

    Responder
  3. 26 de julho de 2011

    parabéns ao sport pela a atitude que tomou em relação ao goleiro gustavo. foi anti profissional merecia ser banido do futebol alem de arca com as despezas hospitalares e o salario do jogador pelo tempo que ele ficar parado.

    Responder
  4. Mauricio Prata
    26 de julho de 2011

    Estou completamente dignado com a atitude desse goleiro.Eu como membro e diretor de uma facçao da propria torc.do vasco a F.J.V.nao vejo futuro para esse tipo de gente um antiprofissional um goleiro sem carater e um marginal.
    A F.M.F. deveria tmb banir o Sport dessa competiçao pq isso ai nao tem logica nenhuma.
    Senhor presidente do Sport pede para sair da competiçao pq o Sport nao merece esta ai vcs tem que cair para ultima divisao de todos os campeonatos.

    Responder
  5. cesar renckel
    28 de julho de 2011

    Fala serio!esse cara tem que estar fora do esporte nacional,covarde,sem principios….

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*