Libertadores 2011: Inter goleia na altitude e chega a liderança do Grupo 6

Jogando na altitude de Cochabamba, na Bolívia, o Internacional aplicou 4 a 1, de virada, no Jorge Wilstermann e assumiu a liderança isolada do Grupo 6 da Taça Libertadores da América de 2011.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Com muito ar, na altitude de 2574m de Cochabamba, o Internacional goleou o Jorge Wilstermann, por 4 a 1, e assumiu a liderança isolada do Grupo 6 da Taça Libertadores da América de 2011.

O resultado deixa o Colorado com 7 pontos ganhos, mantém a possibilidade da equipe do Beira-Rio ser campeão do Grupo 6 e abre o caminho para a equipe gaúcha fazer uma das melhores campanhas gerais da fase de grupos.

Agora o Inter volta suas atenções para o Gauchão, onde neste sábado, 19, enfrenta o Novo Hamburgo, no estádio Beira-Rio.

Roteiro com susto, virada e goleada

O Internacional iniciou o jogo sonolento e só não sofreu o primeiro gol, logo aos 40 segundos, porque Lauro fez grande defesa, na cabeçada do centroavante Toscanini.

Aos 7 minutos o meia/atacante Zé Roberto tentou ajudar na marcação, mas acabou fazendo falta. Na cobrança a bola foi alçada na área do Inter e o zagueiro Brown, de cabeça, desviou para abrir o placar.

O gol acordou o Inter, que começou a trocar passes com velocidades e marcar no campo do adversário. A mudança de postura surtiu efeito aos 16 minutos, quando Nei tocou para o jovem Oscar cruzar para Tinga. O meia colorado não conseguiu cabecear, mas atrapalhou o zagueiro Brown que cabeceou para as próprias redes, empatando o jogo.

Três minutos depois o Inter chegou novamente em novo cruzamento. Desta vez foi a vez de Guiñazu cruzar para a área. A bola tinha a direção do lateral Ojeda, que estava se preparando para afastar o perigo, quando Leandro Damião se antecipou pelo alto e de cabeça virou para o Inter.

A virada se tornou tranqüilidade aos 24 minutos. Oscar lançou Leandro Damião em velocidade, o goleador colorado ganhou de Brown, invadiu a área e rolou para Zé Roberto empurrar para o gol vazio e fazer o terceiro do Inter.

Segundo tempo – Com 3 a 1 no placar, o Inter voltou para a segunda etapa com o volante Wilson Mathias na vaga do meia Tinga. A mudança resguardou mais o Inter, mas não diminuiu o ritmo dos vermelhos.

Logo aos 8 minutos, Oscar toca para Zé Roberto, que finaliza de primeira, mas Mauro Machado sai do gol e faz grande defesa. Doi minutos depois foi a vez de Damião perder um gol incrível. Após cobrança de escanteio, Kleber cruzou na cabeça do camisa 9, que livre, cabeceia para fora.

Roth muda duplamente o Inter, aos 20 e 22 minutos. Leandro Damião e Oscar deixam o campo para as entradas de Cavenaghi e Andrezinho. Com fôlego renovado o Inter mantém a pressão e chega ao quarto com o lateral esquerdo Kleber.

Aos 36 minutos Zé Roberto puxa rápido contra-ataque e rola para Guiñazu. O volante passa para Andrezinho, que rola para Kleber fuzilar Mauro Machado e decretar o 4 a 1 para o Internacional.

FOTO: agência Reuters

Compartilhar

Grêmio e Rede Globo assinam contrato pelos direitos do Brasileirão de 2012 a 2014

Avançar »

Gauchão 2011: Anilado se prepara para encarar o Inter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*