Gauchão 2011: Borges coloca o Grêmio na final do primeiro turno

Com três gols do centroavante, Tricolor venceu o Cruzeiro de Porto Alegre, por 4 a 2, e está na decisão da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho 2011.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Grêmio está classificado para a final da Taça Piratini! Neste domingo, 27, o Tricolor venceu o Cruzeiro, por 4 a 2, e se classificou para a final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho 2011.

Agora, a equipe de Renato Gaúcho aguarda o vencedor do confronto entre Caxias e São José-RS, que se enfrentam ainda neste domingo, 27, às 18h30min (de Brasília). A decisão ainda não tem data confirmada, pois na próxima quinta-feira, 03, o Grêmio recebe no Olímpico, às 20h15min, o León de Huánuco-PER, pela terceira rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores.

Show de Borges

Jogo de Gauchão e tradicionalmente com muita marcação e poucos gols. Mas a eficiência de Borges e a ousadia do Cruzeirinho quebraram a tradição e fizeram uma semifinal com seis gols. O primeiro saiu aos 33 minutos da primeira etapa e foi do maior personagem da partida. Douglas faz linda jogada pela direita, aprofunda para Gabriel que rola para o meio da área, e Borges chega concluindo para assinalar o seu primeiro e abrir o placar para o Grêmio.

Na segunda etapa o show do camisa 9 Tricolor foi ainda maior. Logo aos 10 minutos André Lima escora de cabeça e a bola encontra Borges livre, que finaliza para ampliar a vantagem tricolor.

O gol parecia definir o jogo, mas um minuto depois do gol do Grêmio o Cruzeiro chega pela direita e cruza para a área para o pequenino Jô manda para o fundo da rede. Com o gol celeste o jogo poderia tomar outro rumo, mas o árbitro Anderson Daronco e o centroavante Borges não deixaram.

Aos 14 minutos Borges recebe em profundidade, é puxado pela camisa e consegue o chute, mas a bola sai à esquerda de Fabio. O árbitro deixa o lance seguir e após a finalização marca o pênalti. Ao assinalar o pênalti, depois da conclusão do lance, o árbitro comete um erro técnico, pois penalidade não tem vantagem.

Borges, depois de muita reclamação dos jogadores do Cruzeiro, cobrou firme no canto direito para fazer seu terceiro gol na tarde.

Mas o Cruzeiro não se entregava e três minutos mais tarde fez o segundo com o capitão Léo. O gol veio novamente com uma bola cruzada na área Tricolor, lance que em 2011 vem sendo falho na equipe de Renato Gaúcho.

O gol colocou novamente o Cruzeiro no jogo e preocupou o técnico Renato Gaúcho, que imediatamente após sofrer o segundo gol, retirou o meia Carlos Alberto para colocar o marcador Bruno Collaço.

A tranqüilidade gremista veio aos 33 minutos, quando Alberto interceptou um lançamento com a mão, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um a mais o Grêmio voltou a dominar o jogo e no último lance marcou o quarto.

Junior Viçosa, que havia entrado no lugar de Borges, invadiu a área e foi derrubado. Daronco novamente não teve dúvidas e marcou o pênalti. Sem Borges em campo, Gabriel repetiu a cobrança de Borges e finalizou o confronto.

FOTO: reprodução / gremio.net

Compartilhar

Gauchão 2011: Vale vaga na final

Avançar »

Tênis: Copa Gerdau tem inscritos de quase 50 países

3 comentários

  1. Markinhos
    28 de fevereiro de 2011

    e isso ai meu gremiiioooooo

    Responder
  2. zeka
    1 de março de 2011

    esse e o meu timao gremiiiiiiiiiiioooooooooooooooooooo?

    Responder
  3. zeka
    1 de março de 2011

    obrigado boorgess por suas boas atuacoes pelo gremio e que deus te abencoa que vc faca muitos goooooooooollllllllllllll
    lsssssssssss

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*