• Visualizações 709

Brasileirão 2010: Grêmio vence a primeira das três decisões

Vitória neste sábado, 20, sobre o Atlético-PR, por 3 a1, deixa o Grêmio a duas vitórias de conquistar a quarta colocação e conquistar a vaga na pré-libertadores de 2011. Neuton, Douglas e Diego marcaram para o Tricolor.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A batalha foi vencida, agora precisa vencer a guerra! Será somente assim que o Grêmio conquistará sua vaga para a Taça Libertadores da América de 2011. A vitória deste sábado, 20, sobre o Atlético-PR, deixa o Grêmio mais perto de conquistar a vaga na pré-libertadores de 2011.

Porém, a missão do Grêmio não será fácil, pois além de vencer o Guarani e o Botafogo, nas duas próximas rodadas, o clube gaúcho precisará torcer para que o vencedor da Copa Sul-Americana não seja um brasileiro. Outra possibilidade é vencer os dois jogos e torcer para que o Cruzeiro não vença nenhum de seus três jogos, assim o Grêmio chegará em terceiro e conquistará a vaga definitiva na competição continental de 2011.

Jogo

Na batalha deste sábado, 20, o Grêmio abriu o placar logo aos 13 minutos. Fábio Rochemback recuperou a bolae tocou para Douglas, o camisa 10 lançou para André Lima, que fez a assistência de cabeça para o zagueiro Neuton. A jovem revelação Tricolor deixou um marcador no chão e chutou forte para fazer 1 a 0.

O gol prematuro tirou o Atlético-PR da defesa e essa postura fez com que a equipe paranaense empatasse o jogo cinco minutos depois. Guerrón sofreu pênalti e Paulo Baier cobrou forte, para vazar Victor pela primeira vez nos últimos seis pênaltis e empatar o jogo.

Faltando ainda muito tempo para o primeiro tempo chegar ao fim o Grêmio iniciou novamente a busca da vantagem, mas a intranqüilidade dos jogadores com as marcações do árbitro Sálvio Spínola atrapalharam e o primeiro tempo terminou em igualdade.

Na volta para a segunda etapa a equipe de Renato Gaúcho retornou mais concentrada e novamente tomou as rédeas do placar. Aos 10 minutos Edilson recebeu de Rochemback, tabelou com Júnior Viçosa e foi derrubado. Pênalti para o Grêmio, que Sálvio Spínola marcou. Os atleticanos protestaram, mas não adiantou e Douglas cobrou com perfeição para fazer o 2 a 1.

Novamente atrás no placar, o técnico Sérgio Soares abriu o time e colocou o velocista Maikon Leite para infernizar a defesa gremista. A tática poderia até dar resultado, mas Júnior Viçosa precisou ser substituído e no seu lugar entrou Diego, o novo talismã tricolor.

E foi aos 43 minutos que Diego tratou de confirmar a recente fama e fez o gol da tranqüilidade. O talismã recebeu do maestro Douglas, ajeitou para a canhota, chutou rente a grama para fazer o terceiro e selar o 3 a 1.

Após o jogo os artilheiros do dia participaram juntos da entrevista coletiva e se divertiram com os relatos dos gols.

Neuton foi o primeiro a falar de seu gol. “Felizmente eu estava ligado. Nos treinos de dois toques eu brinco de fazer gol”, disse Neuton, prontamente contrariado pelos risos de Diego e Douglas. O meia não perdeu a oportunidade e contestou o relato do zagueiro. “Lógico que é mentira. Deixa de ser mentiroso, por favor”, brinca o maestro.

Neuton ainda tentou se defender, enquanto Diego sequer conseguia falar de tanto rir. “É mais difícil destruir. Mas tem que me dar um pouco de crédito também. O Diego deu um chute feio lá, a bola entrou não sei como”, rebateu a jovem revelação.

FOTO: Agência Estado

Compartilhar

Brasileirão 2010: Neste sábado lugar de Gremista é no Olímpico

Avançar »

Inter no Mundial: Speedcell já está no Beira-Rio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*