• Visualizações 933

Sexta-feira de graves lesões antes do início do mundial

Rio Ferdinand (Inglaterra), com uma torção no joelho esquerdo, está fora da Copa da África. Didier Drogba (Costa do Marfim) e Andrea Pirlo (Itália) correm risco de aumentar a lista de jogadores que não jogarão o Mundial.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Copa do Mundo ainda não começou, mesmo assim já terminou para algumas estrelas e pode terminar para outras. Nomes certos no mundial como Michael Ballack (Alemanha), David Beckham (Inglaterra) e Michael Essien (Gana) nem sentiram o gostinho de se apresentar, pois se lesionaram em seus clubes durante a temporada.

Leia Mais

Adversária do Brasil, Costa do Marfim fica sem craque Drogba

Ballack com uma forte torção no tornozelo direito, Beckham com uma ruptura no tendão de Aquiles do pé direito e Essien com lesão no joelho esquerdo, já estão “ganhando” companhia para assistir o mundial pela televisão. Nesta sexta-feira, 04, o zagueiro Rio Ferdinand, da Inglaterra, foi cortado após lesionar gravemente o joelho esquerdo.

A lista ainda pode aumentar nas próximas horas! Didier Drogba estrela maior da Costa do Marfim sofreu uma forte entrada do zagueiro Túlio Tanaka, brasileiro naturalizado japonês, no amistoso desta sexta-feira, 04, da Costa do Marfim contra o Japão e quebrou o cotovelo direito. A imprensa francesa chegou a noticiar o corte de Drogba, e o próprio jogador disse ao companheiro Kolo Touré a frase “o Mundial acabou”. Mas, mais tarde, foi anunciado que Drogba será operado e dependendo de sua recuperação ainda poderá disputar o mundial.

Outro que pode ficar de fora é o volante Pirlo, o astro do selecionado italiano tem uma lesão muscular de difícil recuperação. Com um estiramento de grau dois na panturrilha esquerda, lesão semelhante à que tirou Romário do Mundial de 98, o maestro italiano deve deixar a delegação e seguir para Milão para tentar se recuperar.

Além deles, Humberto Suazo, principal atacante do Chile, também corre risco. Ele teve uma ruptura muscular de 2,5 centímetros no músculo posterior da coxa esquerda no amistoso contra Israel e pode ficar fora da Copa se ficar provado que ele usou um tratamento proibido, com injeção de plaquetas, pela Agência Mundial Antidoping (Wada) para superar a lesão.

Já o brasileiro Michel Bastos teve aparentemente mais sorte, após torcer o tornozelo no treinamento canarinho. Segundo a assessoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a torção do lateral foi leve e ele parece não correr risco de corte.

FOTO: criação / novohamburgo.org

Compartilhar

Santa/Feevale participa da XV Copa Mercosul de Handebol

Avançar »

Libertadores 2010: Segundo Inter, Lauro e Walter serão suspensos por três jogos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*