Brasileirão 2010: Inter goleia no primeiro jogo sem Fossati

O Internacional goleou o Atlético-PR, por 4 a 1, na tarde deste domingo, 30, no estádio Beira-Rio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2010. Jogo foi o primeiro sem o técnico Jorge Fossati no comando da equipe Colorada.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A diretoria do Internacional demitiu na última sexta-feira, 28, o técnico Jorge Fossati do comando técnico da equipe Colorada. Com Fossati no comando o Inter, ultimamente, não vinha jogando bem e conseqüentemente não conquistava resultados positivos.

Leia Mais

Agora é oficial, Jorge Fossati é demitido do Inter

Coincidência ou não, neste domingo, 30, dentro do estádio Beira-Rio, contra o Atlético-PR, o Inter voltou a jogar bem e goleou a equipe paranaense por 4 a 1. Alecsandro (2), Sorondo e Andrezinho fizeram os gols vermelhos e Manoel descontou para o rubro-negro.

O resultado retirou o Internacional da temida zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro de 2010.

Agora o Inter vai a São Paulo para na próxima quarta-feira, 02, enfrentar o líder Corinthians, no estádio Pacaembu, pela sexta rodada do Brasilerão 2010.

Já no sábado, 29, o Grêmio empatou com o Flamengo, por 1 a 1, no estádio do Maracanã. O gol do Flamengo foi marcado, aos 7min, pelo meia Petkovic. Rodrigo empatou a partida aos 6min da segunda etapa, de cabeça, após escanteio cobrado por Rochemback.

O Jogo

Com técnico interino no comando da equipe e sem Pato Abondanzieri no gol do Inter, o Colorado entrou em campo com o objetivo de afastar a crise, que se instalou no estádio Beira-Rio e sair da temida zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro de 2010.

O jogo começou com o Inter dominando as ações do jogo, mas com um Atlético-PR jogando muito recuado, o Inter não conseguia finalizar no gol de Neto.

O jeito foi pressionar os paranaenses e contar com um erro de sua defesa. A tática deu certo aos 12min, quando a zaga deu bobeira e o centroavante Alecsandro roubou a bola e pifou Walter, que chutou forte e cruzado, mas o goleiro Neto fez uma linda defesa e concertou o erro de sua defesa.

Aos 17min foi à vez do Atlético-PR assustar Lauro, quando Bruno Mineiro chutou forte perto do gol Colorado.

O jogo truncado e a ansiedade dos jogadores colorados atrapalhavam a equipe vermelha que não conseguia concluir as jogadas em gol. Alecsandro, aos 33min, teve a chance de fazer o gol, mas depois de dominar e bater colocado, o camisa 9 viu o goleiro Neto se estica todo e salvar o time rubro-negro novamente.

No final da primeira etapa os jogadores colorados afirmaram que a ansiedade de fazer os gols atrapalhou a equipe na primeira etapa.

Segundo tempo – Na volta do intervalo o meia Giuliano revelou que o técnico interino Enderson Moreira pediu calma aos seus jogadores e falou que o gol iria sair se o time tivesse tranqüilo. O que certamente o interino não esperava era que o Inter voltaria do intervalo com um aproveitamento de 100% nas finalizações.

Logo na primeira oportunidade, aos 4min, o lateral esquerdo Kléber cobrou falta, a zaga do Furacão não cortou e Walter, na pequena área, concluiu para o gol. Neto fez mais uma brilhante defesa, mas no rebote, Alecsandro e Walter dividiram o complemento certeiro. A arbitragem deu o gol para Alecsandro.

O gol literalmente tirou a ansiedade dos Colorados que dois minutos mais tarde ampliaram a vantagem. Giuliano cobrou escanteio na segunda trave, Bolívar cabeceou para o gol e Sorondo apenas empurrou para o fundo das redes.

Neste momento os torcedores vermelhos lamentavam a derrota para o Vasco e incentivaram seu time para que o filme de São Januário não se repetissem novamente. Mas o domingo reservava coisa melhor para o Internacional.

Aos 11min a equipe do técnico interino Enderson Moreira trocou passes rápidos até a bola chegar a Guiñazu que cruzou rasteiro para Walter, o camisa 7, de primeira, ajeitou para trás e Andrezinho colocou com categoria no canto direito de Neto.

A vitória já era praticamente certa e ficou mais evidente aos 16min quando o colombiano Valencia foi expulso ao aplicar uma tesoura em Giuliano.

Mesmo com um jogador a mais o Inter não diminuiu o ritmo e foi recompensado aos 31min depois que Alecsandro ganhou no corpo do zagueiro e bateu com muita força no ângulo de Neto, para fazer o quarto gol Colorado e explodir de alegria a torcida vermelha.

Nem mesmo o gol de Manoel, aos 38min, tirou a alegria Colorada que saiu do estádio Beira-Rio com outra impressão de sua equipe e com o sentimento de que a crise e as más atuações foram embora junto com Fossati.

Ficha do Jogo:

Internacional (4): Lauro; Glaydson, Bolívar, Sorondo e Kléber; Sandro (Wilson Mathias), Guiñazu, Andrezinho e Giuliano (Thiago Humberto), Alecsandro e Walter (Edu). Técnico: Enderson Moreira.

Atlético-PR (1): Neto; Manoel, Rhodolfo, Leandro e Lisa (David); Chico, Valencia, Paulo Baier (Tartá) e Márcio Azevedo; Bruno Mineiro (Marcelo) e Branquinho. Técnico: Leandro Niehues.

Gols: Alecsandro aos 4m e aos 31m do segundo tempo , Sorondo aos 6m e Andrezinho aos 11m (Inter). Manoel aos 38m para o Atlético-PR.

Cartões amarelos: Andrezinho e Guiñazu (Inter), Bruno Mineiro, Chico e Paulo Baier (Atlético-PR). Cartões vermelhos: Valencia (Atlético-PR).

Local: Estádio Beira-Rio. Data: 30/05/2010. Árbitro:Celio Amorim/SC.
Assistentes
: Marco Antonio Martins/SC e Kleber Lucio Gil/SC.

FOTO: reprodução / internacional.com.br

Mais informações dentro de instantes

Compartilhar

Agora é oficial, Jorge Fossati é demitido do Inter

Avançar »

Preston Burpo sofre sérias fraturas em jogo da MLS

2 comentários

  1. LUCAS GABRIEL
    31 de maio de 2010

    INTER TIME MAIS RUIM DO MUNDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    Responder
  2. Robson
    1 de junho de 2010

    VAMOS OLHAR A TABELA DO BRASILEIRO E OLHARMOS TBM QUAL COMPETICAO ESTAMOS DISPUTANDO PARA SERMOS O TIME MAIS RUIM DO MUNDO..

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*