• Visualizações 1177

Liga dos Campeões: Inter de Milão derruba o Barcelona e vai à final da Champions League

Mesmo com um jogador a menos, Tiago Motta foi expulso aos 28min do primeiro tempo, a Inter perdeu de apenas 1 a 0 e se classificou para a final da Liga dos Campeões da UEFA.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Jogando no estádio Camp Nou, em Barcelona, a Inter de Milão foi guerreira, perdeu de apenas 1 a 0 e saiu da Espanha classificada para enfrentar o Bayern de Munique na final da Champions que acontece no dia 22 de maio, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri.

Como venceu o jogo de ida, na Itália, por 3 a 1, o time italiano do técnico José Mourinho entrou em campo, na Espanha, com a vantagem de poder perder por um gol de diferença e ainda se classificar para a grande final da competição.

Se enfrentar o Barça já é difícil, enfrenta-lo com um jogador a menos é mais ainda, e foi assim que a Inter precisou enfrentar quando aos 28min de jogo o brasileiro Tiago Motta foi expulso.

Mesmo com um jogador a mais a equipe do Barcelona não conseguia furar o forte bloqueio defensivo que a equipe italiana armou na frente de sua meta. Em alguns lances os italianos formavam uma linha com cinco defensores e logo na frente outra linha com quatro, assim Messi e companhia não conseguiam finalizar com precisão para abrir o placar.

Somente aos 38 minutos do segundo tempo que o zagueiro Pique, em posição de impedimento, conseguiu colocar a bola na rede, acendendo de vez a esperança na classificação do Barça, mas com pouco tempo e muita ansiedade o Barcelona não levou perigo e a vaga ficou mesmo com a equipe dos brasileiros, Julio César, Maicon, Tiago Motta e Lúcio.

É a primeira vez desde 1972 que o Inter chega à final do principal torneio interclubes do Velho Continente. Na ocasião, o time italiano perdeu para o Ajax. O último título interista na competição foi em 1965.

Ficha do Jogo:

Barcelona (1): Valdés, Daniel Alves, Piqué, Gabriel Milito (Maxwell) e Keita; Yaya Touré, Xavi e Busquets (Jeffren); Pedro, Messi e Ibrahimovic (Bojan). Técnico: Josep Guardiola.

Inter de Milão (0): Julio César, Maicon, Lúcio, Samuel e Zanetti; Cambiasso, Thiago Motta, Eto’o (Mariga), Sneijder (Muntari) e Chivu; Diego Milito (Iván Cordoba). Técnico: José Mourinho.

Gol: Piqué, aos 38 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Pedro (BAR), Chivu, Muntari, Lúcio e Julio César (INT).

Cartão vermelho: Thiago Motta (INT).

Estádio: Camp Nou, Barcelona (ESP). Data: 28/04/2010. Árbitro: Frank De Bleeckere (BEL). Auxiliares: Peter Hermans (BEL) e Walter Vromans (BEL).

FOTO: reprodução / Agência/AFP

Compartilhar

Melhores do Gauchão 2010: Seis Anilados concorrem ao prêmio da FGF

Avançar »

Copa do Brasil 2010: Na raça, Grêmio vence no Rio e encaminha classificação

Um comentário

  1. Fabio
    3 de maio de 2010

    Quero ver a essa final de surpresas! Bayer que ninguém achava que iria ir pra frente contra a Inter que não vai a uma final a tempos… Jogo sensacional! Se tivesse que apostar apostaria na Inter, mas tudo pode acontecer, sortudo é quem tem uma daquelas tv lcd com uma imagem full hd, que vai poder ver o jogo com ótima imagem… Vamos ver o poder dos times que passaram pelos galácticos!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*