• Visualizações 398

Gauchão 2010: Grêmio vence e retoma a liderança da Chave 1

Jogando no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, o tricolor venceu o Ypiranga por 3 a 1 e retomou a liderança da Chave 1. O atacante Jonas foi destaque do jogo, assinalando dois gols.

Da Redação redacao@novohamburgo.org

O Grêmio suou a camisa, mas venceu o Ypiranga no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, pela quarta rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho de 2010. Com dois gols de Jonas e um de Maylson, o tricolor virou o jogo e transformou vaias em aplausos. Flávio Dias marcou o gol da equipe de Erechim.

Com o resultado de 3 a 1, o Grêmio retomou a liderança do Grupo 1, com 12 pontos, mesma pontuação do Novo Hamburgo, ficando à frente pelos critérios de desempate. Agora Grêmio e Novo Hamburgo se enfrentam na próxima quinta-feira, ás 19h30min, no estádio Olímpico.

Leia Mais

Noia mantêm 100% e é o novo líder da Chave 1

O jogo

Quem foi ao Colosso da Lagoa viu um inicio de jogo com muita marcação e chutes de longa distância. Com as duas defesas bem postadas a dificuldades de aproximação para os ataques finalizarem dentro da área foi muito grande, portanto, ás duas equipes tentaram chutes de longe, mas sem sucesso.

Somante aos 16 min e 17min o Grêmio conseguiu sua primeiras chances claras de gol. Fábio Santos fez dois cruzamentos da esquerda,  no primeiro Maylson cabeceou para fora e no segundo William chutou torto.

Aos 26min, novamente Maylson levou perigo a defesa do Ypiranga, mas desta vez Marcelo Pitol salvou o time de Erechim.

O Ypiranga assustou somente aos 33min com Michel, que dominou a bola e chutou cruzadono, com muita força, mas para fora.

O meia tricolor Douglas parou em Marcelo Pitol aos 35min, o atacante Flávio Dias, aos 40min, parou no zagueiro tricolor Rodrigo e o lateral tricolor Fábio Santos chutou para fora. Desperdiçando as últimas chances de seus times na primeira etapa.

Segundo tempo – No início da etapa final o Ypiranga começou indo para cima do Grêmio. A pressão da equipe de Erechim surtiu efeito logo no primeiro minuto, Airton cruzou da direita, a bola desviou na zaga gremista pelo alto e caiu nos pés de Flávio Dias que ainda driblou Edilson antes de concluir para abrir o placar.

O gol do Ypiranga fez o Grêmio voltar a pressionar, mas somente aos 12min, o Grêmio conseguiu chegar com perigo. Jonas lançou Maylson, que novamente, chutou para nova defesa de Marcelo Pitol.

A torcida gremista perdeu a paciencia com os atacantes gremista William e Jonas. Pouco participativos os atacantes foram alvos de vaias. Silas retirou William que no momento da substituição saiu de campo vaiado e gesticulando para a torcida. Mithyuê entrou no lugar de William e mudou a história do Grêmio na partida.

Aos 23min, Jonas sofreu falta na entrada da área. Ele já levantou falando que seria o cobrador e na hora da cobrança converteu com precisão, empatando o jogo.

Depois do empate, o Ypiranga recuou e o Grêmio foi para cima. Edilson cobrou escanteio, a bola voltou para ele, que fez novo cruzamento desta vez para Maylson, que livre no lado esquerdo da área, chutou colocado para virar o jogo. O lance, porém, gerou muita reclamação dos jogadores do Ypiranga.

O goleiro Marcelo Pitol, que já tinha cartão amarelo, foi reclamar de impedimento de Edilson e foi expulso pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima.

O goleiro Giovane, entrou no lugar do lesionado Diego, que no momento do gol do Grêmio caiu no campo com suspeita de fratura do tornozelo.

Se Pitol estava brilhando o seu reserva Diego não deixou por menos. O segundo goleiro do Ypiranga fez três defesas dificeis, em chutes de Douglas, Jonas e Mithyuê.

Com a vantagem no placar e um jogador a mais em campo, o Grêmio poderia tocar a bola e esperar o apito final, mas o resultado ainda não garantia a primeira colocação da Chave 1. Então o tricolor continuou precionando e chegou ao gol da liderança aos 46min. Mithyuê, homem da mudança de atitude, fez boa jogada pela direita e cruzou para Jonas que se atirou para fazer o seu segundo gol no jogo. A comemoração teve dancinha com os companheiros.

Ficha do jogo:

Ypiranga (1): Marcelo Pitol; André Luiz, Ronaldo, Thomas; Airton, Pansera, Marcelo Rosa, Michel (Diego Faria) (Giovane) e Vainer; Dinei (Sharlei) e Flávio Dias. Técnico: Agenor Piccinin.

Grêmio (3): Victor; Edilson, Mário Fernandes, Rodrigo e Fábio Santos; Ferdinando, Adilson, Maylson (Willian Magrão) e Douglas; Jonas e William (Mithyuê). Técnico: Silas.

Gols: Flávio Dias, a um minuto, Jonas, aos 23, Maylson, aos 28, Jonas, aos 45 do segundo tempo.

Cartões amarelos: Ronaldo, Michel, Dinei, Marcelo Pitol e André Luiz (Ypiranga); Adilson, Fábio Santos, Mário Fernandes e Mithyuê (Grêmio). Cartão vermelho: Marcelo Pitol (Ypiranga).

Estádio: Colosso da Lagoa, Erechim. Data: 21/03/2010. Árbitro: Jean Pierre de Lima. Auxiliares: Alexandre Kleiniche e Carlos Alberto Bittencourt.

FOTO: reprodução / Agência Estado

Compartilhar

Automobilismo: Grave acidente em exibição da Nascar nos Estados Unidos

Avançar »

Segue votação para escolher o novo distintivo do S.C. Ivoti

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical