Sem Autuori, Grêmio pode perder também primeiras opções se não correr

Cruzeirense Adilson Batista e Silas, do Avaí, são especulados como preferidos da direção tricolor, mas têm outras propostas. Vascaíno Dorival Júnior também seria alternativa.

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org

Está aberta a temporada de especulações no Grêmio. Em outros clubes também se especula, é verdade.

Só que o Brasileirão ainda nem acabou e no Estádio Olímpico já não é mais o principal assunto.

O surpreendente retorno de Paulo Autuori ao Catar a 13 meses do final de seu contrato em Porto Alegre acelerou o processo. Quem assume a casamata tricolor em 2010? Faça suas apostas!

O cruzeirense Adilson Batista é a bola da vez. Experiente, finalista da Taça Libertadores da América desse ano, bicampeão mineiro… Já passou pelo exterior. E o principal, escala seus times no 4-4-2. Luiz Onofre Meira não admite falar em nomes. O esquema de jogo preferido do diretor de futebol gremista, no entanto, é o mesmo de Adilson. Tem mais: diz que o treinador a ser anunciado no dia 06 de dezembro, logo após a última rodada do certame nacional, está empregado. O atual comandante do Cruzeiro ostenta ainda mais uma vantagem importante. Teria a “cara do Grêmio”. Afinal, é o “Capitão América” – campeão da Libertadores em 1995  com a camisa tricolor.

Silas está há dois anos no modesto Avaí. Foi vice-campeão da Série B em 2008, atrás apenas do Corinthians de Mano Mezes, campeão catarinense e no Brasileirão vem surpreendo. Aparece à frente do próprio Grêmio e ainda sonha com Libertadores. Meira não descarta contratá-lo.

Outro nome que permeia as especulações é Dorival Júnior, que no último sábado garantiu o retorno do Vasco à Série A com quatro rodadas de antecedência. Já fez boas campanhas também no Coritiba, Cruzeiro – classificou os mineiros à Libertadores em 2007 – e no São Caetano foi vice-campeão paulista no mesmo ano.

EMPECILHOS

São os três nomes mais fortes e cada um tem seu empecilho para fechar com o Grêmio. Nada de intransponível, mas se a direção gremista não correr, pode ficar sem seus supostos preferidos.

Adilson Batista só fala de futuro depois do Campeonato Brasileiro. Pelo menos foi o que garantiu à página oficial do Cruzeiro na Internet. “Minha única preocupação no momento é tentar classificar o Cruzeiro para a Libertadores. Sobre o meu futuro, só vou decidir e dar declarações depois do dia 6 de dezembro”, antecipa o técnico. Na metade do ano, sua saída ao final da temporada era dada como certa. A arrancada final do time, contudo, pode reverter essa tendência e ele teria ainda proposta do Japão.

Silas e Dorival Júnior estão prestigiados nos seus atuais clubes e devem receber propostas tentadoras para renovação de contrato. O Avaí tem menos chances de manter seu comandante, que poderia alçar vôos mais altos. Já o Vasco promete um time de ponta para disputar títulos em 2010.

GRE-NAL POR TREINADORES

Que Grêmio e Inter protagonizam uma das mais acirradas rivalidades do futebol brasileiro todo mundo sabe. Seja no campo, ou na arquibancada, o clima esquenta quando azuis e vermelhos se encontram. A novidade é que pode haver Gre-Nal também na disputa por treinador para a próxima temporada.

Especula-se que o Inter esteja fechado com Wanderlei Luxemburgo. Entretanto, a situação política do Santos pode melar o negócio. Se o atual presidente Marcelo Teixeira for reeleito, quer contar com o técnico em 2010. A possibilidade de o time do Beira Rio ficar fora da Libertadores também seria um complicador, já que Luxemburgo custa caro. Sem ele, Silas seria um dos nomes preferenciais e até Adilson Batista, que vestiu a camisa colorada na década de 90, contaria com a simpatia da direção.

Compartilhar

Circuito Gaba de Judô

Avançar »

Atletismo da IENH conquista medalhas de prata e bronze na Olimpíada Escolar Brasileira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*