Tarcísio Zimmermann

tarcZimmermann: um sociólogo no comando de Novo Hamburgo

Tarcísio João Zimmermann assumiu neste 1º de janeiro de janeiro de 2009 o comando da prefeitura de Novo Hamburgo e para quem desejar conhecê-lo um pouco melhor aqui está uma boa oportunidade

Novohamburgo.org – Qual a origem de Tarcísio João Zimmermann, de 54 anos, que adotou Novo Hamburgo para viver e nesta fase de sua vida conquista o direito de governa-la?

Tarcísio João Zimmermann – Minha história começa com um modesto casal de agricultores, do pequeno município de Santo Cristo, no noroeste do Rio Grande do Sul. Acredito que eles nem em sonho poderiam imaginar, em 24 de julho de 1954, que aquele menino que nascia, a qual deram o nome de Tarcísio João Zimmermann, 54 anos mais tarde iria ser eleito o prefeito de Novo Hamburgo, no Vale do Rio dos Sinos. Infelizmente o casal de agricultores, Eugênio Matias Zimmermann e Agnez Catarina Zimmermann não estão mais entre nós para ver o feito do filho, que trabalhou, estudou e batalhou muito antes de ser eleito para comandar o Executivo hamburguense. Para chegar ao comando do Executivo hamburguense foram preciso 12 anos de disputa e amadurecimento.

Tenho a felicidade de integrar uma família numerosa de treze irmãos – 5 homens e 8 mulheres

Novohamburgo.org – Como é a família de Tarcísio Zimmermann?

Zimmermann – Tarcísio Zimmermann tem a felicidade de contar com muitos irmãos e irmãs. No total são treze irmãos – 5 homens e 8 mulheres. Muitos ainda residem e trabalham na área rural de Santo Cristo. Todos eles estão sendo convidados a participar da cerimônia de minha posse. Sou o 11º filho do casal de agricultores de Santo Cristo, o qual um dia se tornou sociólogo, depois foi secretário do Estado do Rio Grande do Sul durante o governo Olívio Dutra até conseguir chegar a deputado Federal e, no dia 1º de janeiro de 2009, se tornar o prefeito de Novo Hamburgo, para o mandato de quatro anos – 2009 a 2012, após ter recebido 70.442 votos da comunidade hamburguense.

Novohamburgo.org – Em meados de dezembro o senhor fez sua última participação como deputado federal e passou seu cargo para o deputado Maroni, de Pelotas

Zimmermann – Após a minha saída do cenário político de Brasília, a cidade de Novo Hamburgo não perde seu contato com a Capital Federal, considerando a proximidade que mantenho com o deputado federal, por Sapiranga, Renato Molling, do PP, ele que é também um legítimo representante do setor calçadista do Vale do Sinos. Mas além dele, queria adiantar que recebi diversas manifestações, de outros parlamentares, em auxiliar os cidadãos e a administração local, em seus futuros pleitos. Entre os parlamentares que já manifestaram intenção de apoiar Novo Hamburgo estão Pompeo de Mattos e Enio Bassi, do PDT do RS.

Turismo
home_central_vertical