• Visualizações 340

Após casos no Flamengo, Grêmio e Inter asseguram resultados negativos para Covid-19

Dupla Gre-Nal retomou atividades ainda na terça-feira e repete exames em jogadores todos os dias antes dos treinamentos

Os 38 casos positivos de coronavírus divulgados pelo Flamengo na noite de quarta-feira causaram alvoroço no futebol brasileiro. Do total, três são jogadores, que estão em isolamento e têm os nomes mantidos sob sigilo. Primeiros clubes da Série A a retomar os treinamentos, Grêmio e Inter asseguram que os testes realizados nos clubes tiveram resultados negativos para Covid-19.

Os colorados se reapresentaram já na manhã da última terça-feira. Todo o elenco realizou testes rápidos para possível presença do vírus no organismo, além de funcionários e comissão técnica. O clube informou que nenhum exame teve resultado positivo para Covid-19, doença causada pelo coronavírus. A rotina no CT do Parque Gigante foi dividida em seis horários diferentes, exercícios sem contato físico, com exames diários e tendas ao ar livre para avaliar os jogadores. O entendimento é que tudo isso dá segurança aos trabalhos presenciais, os quais inclusive influenciam na saúde mental dos atletas.

– Todos foram testados para sorologia da Covid-19. Avaliamos a temperatura, oximetria. Fizemos também uma avaliação médica básica para verificar sintomas. Com exceção do exame sorológico, isso vai se realizar diariamente enquanto os trabalhos ocorrerem – destaca o coordenador médico colorado, Luiz Crescente.

Pelo lado tricolor, os primeiros 15 atletas começaram a se apresentar no CT Luiz Carvalho na tarde de terça-feira. Além dos testes para Covid-19, os jogadores passaram por uma câmera térmica que mede a temperatura corporal e responderam a questionário elaborado pela CBF.

Na quarta, mais 20 membros do elenco principal tricolor completaram os procedimentos conforme protocolo criado pelo departamento médico do clube. O técnico Renato Gaúcho foi orientado a ficar no Rio de Janeiro por fazer parte do grupo de risco. Segundo o presidente Romildo Bolzan Júnior, todos os exames também tiveram resultados negativos.

– Todos os jogadores que estavam lá e testaram, testaram negativo. Há possibilidade de refazer os testes antes do recomeço das atividades. Mas é uma situação diária. No protocolo de chegada, vai fazer a medição da febre. Por isso digo que às vezes é mais seguro estar ali dentro do que na rua – declarou Bolzan em entrevista ao GloboEsporte.com.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Compartilhar

Comunidade segue mobilizada com doações

Avançar »

Secult publica o Edital de Ocupação da Galeria da Casa das Artes 2020/2021

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical