• Visualizações 356

Criança de dois anos morre após ser atropelada por ônibus

Uma criança de dois anos de idade morreu após ser atropelada por um ônibus escolar na tarde desta quinta-feira (30) em Canoas, segundo informou a Polícia Civil. O menino identificado como Alan Henrique da Silva estava na rua onde morava, no bairro Mathias Velho, quando aconteceu o acidente.

De acordo com a polícia, um ônibus escolar da prefeitura parou no local para deixar um aluno com deficiência. Uma auxiliar teria descido enquanto o motorista aguardava no veículo.

Segundo o delegado Pablo Rocha, da Delegacia de Polícia para a Criança e o Adolescente de Canoas, a criança brincava perto do ônibus, quando teve a roupa enganchada e ficou presa à parte lateral do veículo.

No momento do atropelamento, o tio da criança tentava colocar em uma ambulância um parente que estava em surto. Os policiais militares que estavam no local atendendo à ocorrência, socorreram o menino, mas ele morreu no hospital.

“Em menos de cinco minutos os policiais chegaram com ele ao Pronto Socorro, foram feitos os procedimentos de reanimação, mas ele não resistiu”, disse o delegado.

O motorista e três testemunhas prestaram depoimento nesta tarde. O tio da criança deverá ser ouvido pela polícia nesta sexta-feira (31).

Em nota, a Prefeitura de Canoas confirmou que o veículo era conduzido por um servidor público do município e garantiu que está prestando todo o auxílio à família da vítima e ao servidor envolvido no acidente (leia na íntegra abaixo).

Nota da Prefeitura de Canoas

O micro-ônibus era conduzido por servidor público do município regularmente habilitado para o desempenho da função. O profissional, que no momento fazia o transporte de crianças com deficiência, acompanhado de uma auxiliar, deixava um aluno em sua residência por volta do meio-dia. Foi quando houve o incidente, envolvendo uma criança da comunidade que estava na rua, acompanhada de um familiar. Segundo relato do motorista, a criança teria se escondido embaixo do ônibus e não foi vista pelo condutor.

A vítima foi socorrida por policiais militares, que estavam no local para atender a uma outra ocorrência. Uma viatura levou a criança até o Hospital de Pronto-Socorro de Canoas. Ao chegar no hospital, com diagnóstico de parada cardíaca, a criança passou por protocolo de ressuscitação cardiopulmonar durante 45 minutos, mas foi a óbito.

O servidor, em razão das circunstâncias do fato, foi apresentado imediatamente à autoridade policial, ficando à disposição para os esclarecimentos necessários.

A Prefeitura de Canoas lamenta profundamente o ocorrido e está prestando todo o auxílio à família da vítima e ao servidor envolvido no incidente.

 

 

Compartilhar

Doação de terreno possibilitará construção de delegacia no bairro Santo Afonso

Avançar »

Governo publicará MP para adiar reajuste de servidores para 2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*