• Visualizações 915

Operação Washing Machine apreende mais de R$ 3 milhões e desarticula esquema de lavagem de dinheiro

Na manhã desta quarta-feira (9), a Operação Washing Machine, da DP de Sapiranga, desarticulou uma organização criminosa envolvida em tráfico de drogas, roubos, extorsão, homicídios, lavagem de dinheiro, entre outros crimes. Oito pessoas foram presas e mais de R$ 3 milhões em bens e valores foram apreendidos, somente em veículos, entre carros e motos, o valor ultrapassa R$ 1.100.000,00. Armas e munições também foram

A organização criminosa, alvo da operação, teria se unido a outro grupo ligado à exploração de jogos de azar, juntos, os grupos seriam responsáveis pela exploração de máquinas caça níqueis em 13 cidades, entre a Capital, região metropolitana, serra e litoral. A organização criminosa que tem atuação em todo estado, seria responsável pelo suporte e proteção armada para os crimes de roubo, extorsão e homicídio. Os dois grupos montaram um esquema de favorecimento mútuo e lavagem de dinheiro.

Segundo o delegado Fernando Pires Branco durante as investigações, apurou-se que Sapiranga, assim como outras cidades da região metropolitana e interior, estariam sendo invadidas pelo “projeto caça níqueis” de uma organização criminosa. O objetivo era aliciar ou coagir indivíduos ligados à exploração de jogos de azar nas cidades alvo, com o intuito de tomar conta da exploração de jogos de azar, associando o grupo com os contraventores locais.

A investigação teve início a partir de uma ocorrência que, no princípio, se investigou como roubo, e posteriormente constatou-se que se tratava de ação diferenciada. Indivíduos trajando camisetas semelhantes as da Polícia Civil entraram em um estabelecimento, onde existia uma sala oculta com máquinas caça níquel. No local, eles pediram o dinheiro das máquinas e na sequência foram até a residência do proprietário. Dias depois, o mesmo grupo atentou contra a vida de um indivíduo que, segundo informações anônimas, comercializava as máquinas caça níqueis e havia vendido ao proprietário dono do estabelecimento aquelas que ele utilizava.

Durante as investigações, apurou-se ainda, que dois indivíduos com apoio da organização criminosa teriam dominado os jogos de azar da cidade de Sapiranga e arredores, forçando a participçã de estabelecimentos comerciais que não faziam parte do esquema. A DP de Sapiranga efetuou a prisão dos indivíduos responsáveis pelo mesmo tipo de ação no litoral norte e por um homicídio ocorrido na cidade de Canela. Após a captura de um dos foragidos, ele foi reconhecido pelas vítimas como o líder do grupo, que havia realizado o suposto roubo em Sapiranga.

Cerca de 60 policiais participaram do cumprimento de 55 ordens judiciais, send 21 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão, além de um bloqueio de conta correnta de ums dos 21 suspeitos que estão sendo investigados. Os mandados foram cumpridos em Sapiranga, Campo Bom, São Leopoldo e Caxias do Sul.

Compartilhar

Confira os serviços municipais que abrem e fecham no feriado

Avançar »

Medalhas de ouro e bronze para atletas da IENH no GP Sul-Americano do Paraguai

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*