Coluna Conexão Política – Vereadores criticam área da saúde

Por Guilherme Darros
conexaopoliticavaletv@gmail.com

A paciência de alguns vereadores, inclusive da base governista, com o governo da prefeita Fátima Daudt (PSDB) para solucionar alguns problemas pontuais, especialmente na área da saúde, parece estar chegando ao fim. Na sessão desta quarta-feira, 31, muitos parlamentares utilizaram a tribuna para cobrar ações.

Issur Koch mandou secretário trabalhar

Com o tom da voz elevado, Issur Koch (PP) subiu na tribuna e já anunciou que já que “andam gravando e mandando para os secretários” suas falas, que começassem a gravar. Questionado pelo vereador Inspetor Luz (PMDB) sobre quem seria o secretário, Issur disse que o secretário de Saúde teria recebido o vídeo de um discurso seu, e declarou que a paciência com o governo acabou. “Não tenho como esperar 6 meses para que aprendam a trabalhar” disse Issur, criticando secretários que ao invés de cobrar por sua falas, deveriam ir trabalhar. “Diz para aquele senhor que morreu de infarto, que o governo precisa de 6 meses pra trabalhar. Diz pro senhor que morreu e o caso tá sendo abafado porque foi dada medicação errada”, denunciou na tribuna. O vídeo de seu discurso já passou de 60 mil visualizações no Facebook.

34159483655_4f5303b09f_z

“Parece um açougue” diz Serjão sobre a UPA

O vereador Sérgio Hanich (PMDB), o Serjão, disse que viu fotos da UPA do bairro Canudos e que o local “mais parece um açougue, e olha que fui açougueiro e nunca vi uma esculhambação que nem vi nas fotos”, disse o peemedebista.

34118462426_3d87f22b47_z (1)

 

Até a governista Patrícia Beck

Até mesmo a vereadora da base aliada do governo, a vereadora Patrícia Beck (PPS), cobrou a administração pela situação da saúde, que é uma pasta comandada pelo seu partido, através do vice-prefeito Drº Fagan. “Tem algumas coisas que temos que fazer com medidas e não com conversa, e me dói, só que a dor que o povo sente é maior. Essas mortes são duas situações não podem acontecer, as demandas de falta de atendimento, tem alguma coisa acontecendo. Isso não é normal, tem que ter trânsparencia”, disse a presidente do legislativo, que afirmou estar falando como vereadora, e não como partidária.

Sobrou até pra ex-vereador de Campo Bom

Mauréio dos Santos, ou Maurélio do Raio-X, como é conhecido em Campo Bom, onde foi vereador e candidato na última eleição pelo PR, estaria como CC na Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo (FSNH) e teria respondido uma sindicância, que não quis assinar, por assédio moral.

Patricia Beck

Sobrou até para o PP

Uma eventual aproximação do PP, agora comandado pelo policial civil Ivan Carlos, com a administração da prefeita Fátima Daudt (PSDB), algo que até agora não se passa de especulação, irritou o vereador Serjão, já que dizem que um dos problemas seria a amizade do vereador Issur, do PP, com o peemedebista, e seus discursos críticos à gestão. “Issur é nosso amigo, os tucanos que não gostaram vão pro inferno”, disse na tribuna.

Interesse do PMDB

A defesa não é novidade, já que o PMDB sempre quis contar com Issur em suas fileiras. Aliás, o mesmo já foi filiado ao partido, assim como seu pai, que foi chefe de gabinete do vereador Raul Cassel (PMDB) por muitos anos.

Elogios a Defesa Civil

Comandada atualmente por Claudiomiro da Fonseca, que é tenente do Corpo de Bombeiros e atuava na mesma área na cidade de Campo Bom, a Defesa Civil tem recebido elogios por sua atuação nos últimos dias de chuva na cidade. Relatos de que foram ágeis ao atender as já conhecidas áreas atingidas em dias de chuva intensa, e também em um deslizamento no bairro São Jorge.

fonseca

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

Curso de Medicina em pauta no Município

Avançar »

Governador do Estado anuncia nomeação de novos policiais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical