Coluna Conexão Política

Por Guilherme Daros
conexaopoliticavaletv@gmail.com

Um novo espaço para falar da política

Em um mundo cada vez mais conectado, com as pessoas utilizando as redes sociais para se informarem e debaterem relacionados à política, Novo Hamburgo carecia de um espaço on-line de notícias sobre a política que interessa diretamente a nossa população, e que ao mesmo tempo dê voz à ela. Por isso, além do programa na Vale TV, o Conexão Política está se tornando também uma coluna aqui no NovoHamburgo.org, e você é meu convidado para comentar e participar.

Reforma da Previdência na Vale TV

A reforma da previdência será abordada em duas edições do programa Conexão Política da Vale TV, canal 14 da NET. Nesta quinta-feira, às 11h30, o doutor em Filosofia e professor do curso de Direito da Universidade Feevale, Henrique Keske, e a doutora em Qualidade Ambiental e professora também do curso de Direito, especialmente das disciplinas ligados ao direito do Trabalho, Claudia Maria Petry Faria fazem uma análise sobre a reforma que está sendo proposta e que aumenta o tempo de contribuição e de idade mínima para aposentadoria no país.

 

Instituições filantrópicas podem ser afetadas

Não bastasse a polêmica reforma da previdência, ela traz consigo outra proposta, apresentada pelo deputado federal Arthur Maia (PPS-BA) prevê o fim das desonerações fiscais às entidades filantrópicas, o que atingiria serviços prestados pela Universidade Feevale, Hospital Regina e outros vários da região, e a APAE, que estará no Conexão Política com o responsável financeiro, Carlos LuisSpengler, na próxima terça-feira, às 11h30, para falar sobre esse tema ao lado do vereador Raul Cassel (PMDB) que já apresentou uma moção contrária que será enviada a Brasília.

conexão

Índio véio

Em seu quarto mandado como vereador, Raul Cassel (PMDB), com a experiência de quem já participou de diversas audiências públicas que trataram sobre a escola, após o discurso de representantes do governo do estado, fez questão de enfatizar então que a questão está com eles, e todos os problemas da escola já foram relatados, para que não seja necessária mais uma audiência pública até que algo seja feito. Matem no peito, afinal, o discurso repleto de autoconfiança, de quem teria os caminhos para solucionar os problemas. A comunidade que estava lá aguarda.

Pauta que une

Aliás, a reforma da previdência parece ser uma pauta que une os mais diversos partidos contra a proposta, principalmente os vereadores que são os políticos que teoricamente atuam mais próximo do povo, e portanto são cobrados com frequência pelos trabalhadores. Em Novo Hamburgo, uma moção de preocupação uniu PPS, PT, PP, Solidariedade, Rede, PDT e PTB, sem falar que já há um comitê contra a reforma atuando na cidade. Bom seria se os vereadores intensificassem a cobrança, ou fossem presencialmente até Brasília cobrar os deputados de seus partidos durante a votação, já que Brasília foi colocada bem longe do alcance dos trabalhadores.

fotp2

Uma atrás da outra

O vereador Gerson Peteffi (PMDB) que está em seu sétimo mandato parece não cansar das críticas que vem recebendo tanto da imprensa, quanto da própria comunidade nas redes sociais. Além de pedir vistas para analisar por mais tempo a resolução da Mesa Diretora que regra sobre o óbvio: que os vereadores devem estar presentes e apreciar toda a ordem do dia para receberem presença e seus respectivos salários, Peteffi foi o único parlamentar a não indicar nenhuma mulher para receber o prêmio Mulher Cidadã de Novo Hamburgo

foto10

Falido, mas falador

Há uma enorme diferença entre o discurso de terra arrasada tão proferido pelo governador José Ivo Sartori (PMDB) e seu secretário da Fazenda, Giovani Feltes (PMDB) ao tratarem sobre a atual situação financeira do estado, inclusive extinguindo institutos de pesquisa importantes para o desenvolvimento científico, e o discurso de representantes da secretaria de Educação dogoverno do estado presentes na audiência pública que tratou sobre reformas e implementação de cursos técnicos na escola Alberto Paqualini.

Na ocasião, diante da comunidade, que por sinal compareceu em grande número na Câmara de Vereadores, foi anunciado que há um projeto em fase final para contemplar a reforma do auditório, e que a recente questão envolvendo a frente da escola, que foi isolada, já foi inserida no sistema geral de obras. Porém, ninguém se empolga muito, afinal, reformas na escola são anunciadas há muito tempo, e todo mundo sabe, ou deveria saber, que o governo estado está falido.

Só para termos uma ideia, em 2012, foi realizada uma audiência pública também sobre o mesmo tema, só que na Assembleia Legislativa, mais precisamente na Comissão de Assuntos Municipais, convocada pelo então deputado estadual Giovani Feltes, hoje secretário da Fazenda. Na época, o governador era Tarso Genro (PT), e a cobrança por reformas era incessante, principalmente por Feltes. Será que até o final do governo Sartori sai?

É possível acompanhar essa cronologia através do trabalho realizado pela Associação de Amigos da Escola Alberto Pasqualini que relata toda essa batalha no blog: http://associacaopasqualini.blogspot.com.br.

foto3

Foto antiga Jornal NH –

 

Faltou o deputado

Ao presidir sua primeira audiência pública, o jovem Felipe Kuhn Braun (PDT) se saiu muito bem, e parece estar alinhado com os interesses da comunidade da escola Alberto Pasqualini, porém, politicamente, a presença do deputado estadual Gilmar Sossella (PDT), de quem Felipe foi assessor na Assembleia Legislativa, certamente daria mais peso ao evento.

Foto – Felipe Kuhn Braun

Capturar

Leonardo Hoff retorna a CEEE

O ex-vereador e candidato a prefeito nas eleições de 2016, Leonardo Hoff (PP), que recentemente anunciou sua saída da presidência do partido na cidade, está retornando à função de diretor Administrativo da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), do qual se afastou para disputar o pleito municipal. Hoff é formado em Ciências Contábeis e tem pós-graduação em Finanças Públicas.

Foto – Leonardo Hoff/ reprodução facebook

foto4

 

 Incoerência

Causa estranheza o fato de Gilberto dos Reis, o Betinho (PSD), que é servidor público há anos e notório conhecedor do município, ter sido secretário de habitação durante o governo do prefeito Luís Lauermann (PT), inclusive regularizando diversas áreas, e fazendo uma bela campanha para vereador por conta de seu trabalho nessa área, ser, agora, secretário da Fazenda de um governo que extingue a secretaria de Habitação. É uma pena para Novo Hamburgo que tem diversos problemas para resolver nessa área.

Foto – Betinho Reis

Capturar

O desafio que o PT tem de se renovar

Não é só a nível nacional que o PT enfrenta o desafio de renovar seu discurso e suas lideranças. Após comandar Novo Hamburgo por oito anos, com o hoje deputado estadual Tarcísio Zimmermann, e posteriormente por Luís Lauermann, que teve sua administração muito rejeitada pela população, os petistas se encaminham para sua primeira eleição interna municipal após a derrota nas urnas.  Apesar da clara necessidade de renovar suas lideranças, a presidência será disputada por nomes já conhecidos do partido na cidade: a ex-vereadora Dr.Anita, a ex-secretária de Saúde, Clarita de Souza, e o sindicalista Vitor Gatelli.

FOTO – Vitor Gatelli, Drª Anita e Clarita de Souza

Capturar

Capturar

 

Capturar

Finck, o maior opositor

O ex-vereador e secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo das duas últimas administrações da cidade, Carlos Finck, que diz não ter motivos nem pra sair, nem pra ficar no PTB,tem sido um dos mais ferrenhos opositores da prefeitra Fátima Daudt (PSDB) por onde passa, principalmente na bancada do programa Estação Novo Hamburgo da Vale TV, nas segundas-feiras, dia em que participa fielmente. Em breve, Finck deve anunciar novos rumos na sua carreira política.

Foto – Carlos Finck

foto8

Agrado aos vereadores

A prefeita Fátima Daudt já havia começado seu discurso no almoço do grupo Pensando Novo Hamburgo, mas fez questão de ir até uma mesa próxima e pegar um pequeno pedaço de papel com o nome dos vereadores e citá-los nominalmente: Felipe KunhBraun (PDT), e dois deles do PMDB, Raul Cassel e Inspetor, Luz que estão fazendo uma ferrenha oposição a prefeita. Sinal de que talvez a prefeitura queira diálogo com os peemedebistas, que parecem ainda não ter esquecido a derrota nas urnas, que para alguns era certeza.

fatima

Foto – Fátima Daudt no almoço do grupo Pensando Novo Hamburgo

 

Compartilhar

Lançamentos da FCC na Fimec geram novos negócios e ganham o mercado internacional

Avançar »

Prefeitura de Novo Hamburgo investe R$ 5 milhões nas escolas municipais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical