• Visualizações 1081

Mulher é suspeita de matar o filho de 4 anos em Cachoeirinha

A Polícia Civil investiga a morte de um menino de 4 anos, ocorrida na noite de terça-feira, 17 de janeiro,  em Cachoeirinha. De acordo com o delegado responsável pelo caso, a criança foi levada quase sem vida pela mãe a um posto de saúde da cidade. No local, o garoto foi socorrido, mas não resistiu e morreu. Desconfiados, os médicos acionaram a polícia.

A causa da morte ainda não foi confirmada, mas a investigação aponta para lesão corporal seguida de morte. Em depoimento, a mãe do menino, que tem 22 anos, disse que repreendeu o filho com palmadas após ele quase ter sido atropelado na rua enquanto brincava com um primo. Além da mãe, foi ouvido um homem que teria se apresentado como tio da mulher, que mora na mesma casa e ajudou a prestar socorro à criança. “Ele relatou que ouviu o menino ser agredido enquanto era repreendido. No entanto, como era um quarto separado, ele disse que não pode afirmar nada”, conta o delegado Newton Martins.

O delegado aguarda, agora, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) e o atestado de óbito para verificar o que levou causou a morte da criança. O resultado pericial deve ficar pronto até a próxima semana. “Esse caso é bem estranho. Tão estranho que o médico acionou a polícia”, afirmou.

Compartilhar

Secretária de Educação visita Escolas Municipais

Avançar »

Samu poderá ser acionado por aplicativo para celular

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*