• Visualizações 904

Segundo Defesa Civil, mais de 2,9 mil gaúchos precisaram deixar suas casas

Conforme Defesa Civil, na Fronteira Oeste, município de Quaraí foi o mais atingido num total de 33 cidades afetadas. Em Novo Hamburgo, na manhã desta segunda, dia 11, Arroio Luiz Rau transbordou.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Subiu para 2.948 pessoas o número de desalojados e desabrigados por conta das chuvas no Rio Grande do Sul, de acordo com boletim das 19 horas da Defesa Civil do Estado. Conforme o órgão, na Fronteira Oeste, o município de Quaraí foi o mais atingido num total de 33 cidades afetadas.

No documento, a localidade teria 100 desabrigados e mil desalojados, mas a prefeitura local contabiliza ao menos 2,2 mil afetados. Em Rosário do Sul, na mesma região, 200 pessoas precisaram ficar em abrigos.

Na última medição, às 18 horas, o Quaraí estava 11,85 metros acima do seu nível normal e a previsão é de que suba até 12 metros. Com a elevação das águas, toda a população ribeirinha do entorno da cidade foi afetada.

Enchente na esquina da Nações Unidas com a Vinte e Quatro de Maio – Novo Hamburgo

Na Região Metropolitana, Esteio foi o município mais atingido até aqui, com 205 desabrigados e 800 desalojados. Assim como em Canoas, a cidade teve vários pontos com a energia elétrica cortada para evitar o risco de choques. Em Porto Alegre, a zona Norte sofre com o problema e tem 160 desabrigados.

Em Novo Hamburgo, por volta das 10 horas da manhã desta segunda, dia 11,  horas o Arroio Luiz Rau transbordou no bairro Ideal, na Avenida Nações Unidas. Os cruzamentos com as Ruas 03 de Outubro e Araxá ficaram tomadas pela água e a correnteza no leito do arroio por momentos até lembrava as ondas do mar.

Problemas também no bairro Canudos, onde um dique rompeu e água de um córrego invadiu diversas casas, alcançando a marca de um metro de altura. 

Obs: O arroio não transbordou apenas no bairro Ideal, e sim também, nos bairros Rio Branco, Santo Afonso, Industrial, Roselândia e Canudos.

Informações de CP / ZH / PRF

FOTO: reprodução / Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Local de carga e descarga do Catavida é transferido a pedido de lojistas

Avançar »

Sobe para três o número de ambulâncias do Samu para atendimentos em Novo Hamburgo e região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*