• Visualizações 614

Preso no trânsito, Papa cumprimenta fiéis e beija criança no centro do Rio

Mulher entregou uma criança para pontífice pela janela do carro. Francisco a beijou e a devolveu à mulher. Ao longo do percurso, carros e motos escoltaram Papa, que circulou pela linha Vermelha e passou ao lado do complexo de favelas da Maré.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Após ser recepcionado no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) pela presidente da República, Dilma Rousseff, pelo governador do Estado, Sérgio Cabral, e pelo prefeito da capital, Eduardo Paes, entre outras autoridades, o Papa Francisco deixou o terminal, que fica na Ilha do Governador (zona norte), em direção a seu primeiro tour pelo centro da capital fluminense.

Da Base Aérea do Galeão, Francisco seguiu em carro fechado até a Catedral Metropolitana de São Sebastião, no centro da cidade. No banco traseiro, Francisco manteve a janela do carro totalmente aberta na maior parte do tempo.

Na avenida Presidente Vargas, já no centro do Rio, o carro com o papa estacionou para que o pontífice cumprimentasse fiéis que o cercavam. Muitos conseguiram tocar no pontífice, enquanto seguranças se desdobravam para evitar o contato, que não estava previsto.

Ainda na Presidente Vargas, próximo ao cruzamento com a avenida Rio Branco, a comitiva papal errou o trajeto e acessou a pista que não estava interditada ao tráfego, ficando presa num engarrafamento de coletivos. Neste momento, centenas de fiéis se aproximaram do veículo com o papa.

Uma mulher entregou uma criança para o pontífice pela janela do carro. Francisco a beijou e a devolveu à mulher.

Ao longo do percurso, cinco carros e duas motos escoltaram o carro que levava o papa, que circulou pela linha Vermelha e passou ao lado do complexo de favelas da Maré, na zona norte.

Desembarque

O avião do papa Francisco pousou no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, às 15h43min desta segunda-feira, dia 22, depois de quase 12 horas de viagem desde Roma, na Itália.

O avião, da companhia Alitalia, estava com as bandeiras do Brasil e do Vaticano nas janelas da cabine.

O Sumo Pontífice desceu da aeronave às 16 horas, acenou para o público e foi recepcionado pela presidente. Ambos conversaram por alguns segundos. Em seguida, ele ganhou dois buquês de flores de uma jovem e, ao lado de Dilma e do arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, cumprimentou um a um os integrantes da comitiva que o aguardavam.

Um coral com crianças e jovens de três paróquias do Rio saudou o líder maior da Igreja Católica com o hino da atual edição da Jornada Mundial da Juventude. Depois, cantaram uma música, em português, espanhol e inglês, com o refrão

 

Informações de Portal G1

FOTO: reprodução / AFP

 

Compartilhar

Inter prioriza evitar tomar gols e tricolor gaúcho prevê multa para atleta que for expulso

Avançar »

Papa descansa após acolhida agitada no Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*