licença paternidade
  • Page Views 25

Comissão de Assuntos Sociais aprova licença-paternidade de 120 dias

Direito será para o homem que sozinho adotar uma criança. A proposta estabelece que a licença seja remunerada, independentemente da idade da criança adotada.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Nesta quarta-feira, dia 04, a Comissão de Assuntos Sociais aprovou o direito a licença-paternidade de 120 dias ao homem que sozinho adotar uma criança, bem como o pagamento pela Previdência Social, no período de afastamento, do valor atualmente pago às mulheres.

Antes de seguir para a Câmara, a matéria passará por uma votação suplementar. A proposta estabelece que a licença seja remunerada para homens e mulheres, independentemente da idade da criança adotada, assim, acaba o escalonamento do benefício pago de acordo com a idade da criança como prevê a legislação em vigor.

Também terão direito ao benefício os adotantes que ainda estiverem no período de guarda judicial. Atualmente, pelo escalonamento do benefício pago, em decorrência licença-maternidade, os 120 dias de remuneração valem apenas às mães que adotarem crianças até um ano de idade.

Entre um e quatro anos, esse período cai para 60 dias, e em relação a crianças adotadas entre quatro e oito anos de idade a licença-maternidade fica em 30 dias.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa / sistemafaep

Share This Article

Relator Pedro Taques pede aprovação do processo de cassação contra Demóstenes

Next Story »

CPI do Cachoeira aprova convocação de Fernando Cavendish, Luiz Antônio Pagot e Raul Filho

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo