Acordo cumprido: Jesus Martins é o novo presidente da Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo

Depois de três horas de intensos debates e reuniões na sede do Legislativo hamburguense, petebista venceu Raul Cassel (PMDB) e assume o cargo em 1º de janeiro de 2010.

Da Redação redacao@novohamburgo.org

Não houve surpresa, é verdade. Mas foi por muito pouco.

Depois de três horas de articulações, Jesus Martins (foto), do PTB, foi eleito presidente da Câmara Municipal de Novo Hamburgo. Assume o cargo no dia 1º de janeiro de 2010.

Leia Mais

Câmara elege novo presidente nesta terça-feira: Jesus, Matias, Serjão ou Carmen?

O pleito foi acirrado: 8 a 5 a favor do petebista. Antes da votação, onde menos estiveram os 14 vereadores foi no plenário da Casa. Reuniões aconteciam paralelamente nos gabinetes e até nos corredores da sede do Legislativo hamburguense. Nada de anormal no que diz respeito ao histórico das eleição à presidência. Até o “braço direito” do prefeito Tarcísio Zimmermann (PT) participou dos debates. O secretário Geral de Governo e Relações Comunitárias, Luiz Lauermann, foi determinante para a manutenção do acordo.

Passava das 18 horas quando, enfim, as chapas foram apresentadas ao atual presidente, Antônio Lucas (PDT). Raul Cassel (PMDB) liderava a oposição e tinha ao seu lado Carmen Ries (PT), como vice-presidente, Luiz Carlos Schenrlte (PMDB) e Gerson Peteffi (PSDB), como primeiro e segundo secretários. Jesus Martins teve ao seu lado Sergio Hanich (PMDB), o Serjão, como vice, Alex Rënnau (PT) e Volnei Campagnoni (PCdoB) nas secretarias. Isso mesmo. Sem confusão nenhuma. A chapa da oposição tinha um representante do governo como vice e na situação o vice era oposicionista.

PLACAR

Chapa 1 (Jesus Martins)

Alex Rënnau (PT)

Antonio Lucas (PDT)

Gilberto Koch (PT), Betinho

Jesus Martins (PTB)

Sergio Hanich (PMDB), Serjão

Ricardo Ritter (PDT)

Vladimir Lourenço (PP)

Volnei Campagnoni (PCdoB)

Chapa 2 (Raul Cassel)

Carmen Ries (PT)

Gerson Peteffi (PSDB)

Ito Luciano (PMDB)

Luiz Carlos Schenrlte (PMDB)

Raul Cassel (PMDB)

OBS. O vereador Matias Martins (PT) se ausentou do plenário no momento da votação.

MANIFESTAÇÕES

cassel_resultadoEm entrevista ao jornalista Felipe de Oliveira na TV Câmara (canal 16 da NET Novo Hamburgo), os adversários no pleito demonstraram opinião divergentes, como não poderia deixar de ser. Em comum, contudo, Jesus Martins e Raul Cassel (foto) têm a veemência das declarações.

O primeiro a falar foi o presidente eleito. “Essa eleição mostra que a palavra tem valor. Aqui ninguém vai crescer em cima de ninguém”, desabafa Martins. Por outro lado, Cassel deixa no ar revelações que prefere não fazer nesse momento. “Os bastidores dessa eleição vocês vão saber com o tempo. Até o último momento estávamos com a vitória bem encaminhada.”

FOTOS: divulgação / CMNH

Share This Article

Câmara realiza duas sessões extraordinárias

Next Story »

Três prefeitos participaram do último Prato Principal de 2009

5 Comments

  1. Marlos
    15 de dezembro de 2009

    Parabéns vereador!
    Sucesso na sua presidência. Tenha sabedoria para lidar com as coisas que compreendem a sua função. Que 2010 seja um ano de reformas, mas não de banheiros, gabinetes ou estrutura dessa casa do povo, mas na consciência dos edis municipais.

    Responder
  2. Sofredor
    15 de dezembro de 2009

    Agora sim é a coisa vai degringolar geral. Uma poca vergonha os conchavos que foram feitos nos últimos dias.

    O mensalão é aqui.

    Responder
  3. vilmar
    16 de dezembro de 2009

    bom agora eu queria saber qual foi o preço pago para o serjão que sempre votou contra o governo ficar aliado,sera que é para não investigar a retro escavadeira? e a carmona agora diz que o pt não quer mais ela e pede para pulsar por que não fez isso antes de trair o povo votando afavor do pt e contra os funcionarias municipais agora a trição ja foi feita continua no PARTIDO DOS TRAIDORES OU DOS TRAIRAS>

    Responder
  4. joel gross
    25 de janeiro de 2010

    é vilmar a iguinorancia politica leva peçoas como você a falar este monte de bobagens primeiro que investiga crimes é a justiça não a prefeitura, segundo o poder legislativo é independente, portanto pode continuar sendo oposição terceiro nen sei porque perdo meu tempo dando explicação a ti não vai entender mesmo.

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo