“A Serbian-film” é proibido em todo o país

Justiça de Minas Gerais proíbe filme que traz partes fortes de sexo, contendo cenas sugestivas de estupro de recém-nascido e de incesto com criança.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Um dos filmes mais polêmicos de todos os tempos entrou para a lista de filmes proibidos no Brasil nesta terça-feira, 09, por meio de liminar, atendendo a pedido apresentado em ação cautelar pela Procuradoria da República em Minas Gerais.

“A Serbian Film – Terror sem limites” contém cenas sugestivas de estupro de recém-nascido e de incesto com criança e já tinha sido proibido em inúmeros países da Europa. O filme que chegou a ser exibido em festivais em Porto Alegre e São Luís, teve a liminar concedida pelo juiz Ricardo Machado Rabelo, da 3ª Vara Federal, quatro dias após o Ministério da Justiça classificar o filme como “não recomendado para menores de 18 anos, por conter sexo, pedofilia, violência e crueldade”.

Ao decidir pela proibição, o magistrado alegou ter analisado os pontos de conflito existentes no pedido, tais como a garantia das liberdades de manifestação intelectual e artística e o princípio fundamental da dignidade humana, evitando cair “na vala da censura”. No entanto, ao avaliar a ação, disse que os documentos “impressionam e demonstram que algo de errado se passa com o filme”, sendo “excessivo, anormal ou em desconformidade com o ordenamento jurídico”. Afirmou ainda que estaria tentando evitar “graves e irreversíveis prejuízos causados à ordem jurídica, ao consumidor nacional, tendo em vista o fato de que o filme será encaminhado aos cinemas do país e exibido a toda a população”.

Com informações de Folha.com

FOTO: divulgação

Share This Article

Reféns passam momentos de pânico em ônibus no Rio

Next Story »

Tiros durante o seqüestro do ônibus no Rio partiram dos policias

10 Comments

  1. Maria de Fátima
    10 de agosto de 2011

    Apologia ao crime agora é manifestação intelectual e artística? Pelo amor de Deus!!!!! O pior é que vai, sim, parar nas telas e vai ter um monte de babaca que vai assistir e sair por aí imitando a personagem doentinha… Os caras têm medo de censura. Eles deviam é ter vergonha de apresentar um produtinho ridículo e chamar de arte! Cocô na lata agora é arte… Deviam aproveitar e mandar o diretor, o roteirista, os atores todos pro divan fazer análise!!!

    Responder
  2. Eduardo
    10 de agosto de 2011

    Bom, configura assim pedofilia e, não só no Brasil mas em muitos países violência contra criança o povo sempre embaça!!! Poderiam cortar a cena mas proibir o filme não vale a pena, porque é aí que vão querer ver o filme. Vai ver o filme é chato e seria logo esquecido, mas essa polêmica é que atrai + a atenção do público. Pra ser arte precisa de ter bom senso (?), ou a arte está acima de qualquer julgamento humano! Também acho um saco vir deputado, prefeito ou qualquer porra dessas aí proibir uma musica, um filme, quem eles pensam que são?! È impresionante como aqui nesse país um cidadão que tenha um poco de poder mande e desmande na mente de 300 milhões de pessoas e essas pessoas não façam nada!

    Responder
  3. cassiano
    10 de agosto de 2011

    Esse filme deveria ter sido vetado mesmo, pois uma parte ruim dos brasileiros já acham que é normal e até meio banal um ato tão hediondo como o estupro e o abuso de menores.O filme só veio leva a confirmação que o ser humano pode ser capaz de fazer de tudo, até imita um pesonagem tão frio como ele.

    Responder
  4. 10 de agosto de 2011

    Que vergonha,mais censura no Brasil. Estamos regredindo em passos largos!
    Seria bom se as pessoas tivessem o direito de ver o que elas quisessem.
    Estupros, incestos, também estão na bíblia, não vejo as religiões sendo \"censuradas\" por isso.
    Existe um padrão duplo, que \"depende\" da vontade dos governantes.

    Não podemos aceitar um padrão duplo e muito menos a censura explicita que cada vez mais os governantes estão tentando safadamente implementar.

    Responder
  5. Antonio Passos
    10 de agosto de 2011

    Essa conversinha de ser radicalmente contra “censura” é falácia. Censura existe em TODO o mundo. Eu quero ver alguém fazer um filme defendendo Hitler e o nazismo e este filme ser exibido nos EUA e Europa. Há limite para tudo.

    Responder
  6. Mone
    11 de agosto de 2011

    Apologia ao crime sim, e deve ser proibido mesmo e deveria ter uma medida cautelar para haver punição a quem comprar, deveria ter fiscalização da pesada, e prender os punir doentes que fazem esse tipo de filme.

    Responder
  7. Rafael
    13 de agosto de 2011

    FISCAlIZAÇÃO para punir quem assistir? HAHAHAHAHAHAHAHA…. não vou nem terminar meu comentário…

    Responder
  8. Raphael
    19 de agosto de 2011

    Acho uma pena proibir. É uma oportunidade de conhecer estas histórias.
    Um filme não pode ser responsabilizado pelas práticas de alguém e/ou de muitas pessoas. Cada um, deste mundo, fará aquilo que, em seu ponto de vista, julgue necessário. Porém, estes mesmos, enfrentarão as sobrevindas consequências, de seus atos.

    Responder
  9. thiago lima
    26 de agosto de 2011

    Eu assisti o filme e na vdd ele é ruim no sentido de so mostrar coisas ruim princpalmente pro final que é bem depressivo e revoltante .È um bom filme de suspense é um filme diferente de todos que eu ja vi e meche bastante com psicologico da gente.sou contra a censura dele quem quiser ver que veja ainda mais com a internet onde vc pode baixar ele em poucos minutos e assisti lo tranquilamente .Vejo as pessoas criticando esse filme ,mais pra quem assiste sabe q isso é apenas um filme o duro é saber que isso acontece na vida real a todo dia e toda hora

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

a