arte
  • Page Views 302

Prorrogadas as inscrições da 1ª Edição do Curso de Agente Mirim da Defesa Civil

Público-alvo são alunos das escolas dos bairros São José e Redentora, e das Vilas Diehl e Kephas

A Defesa Civil de Novo Hamburgo, em parceria com as Secretarias de Educação (Smed) e Meio Ambiente (Seman), e apoio da Universidade Feevale, prorrogou até o dia 1º de agosto as inscrições para a participação na 1ª Edição do Curso de Formação para Agente Mirim da Defesa Civil. A ação ocorre dentro do Programa de Educação Ambiental em Desastres, que tem como objetivo capacitar os alunos por meio de oficinas.

Nesta primeira edição, as inscrições são destinadas aos alunos das escolas dos bairros São José e Redentora, e das Vilas Diehl e Kephas. O curso será ministrado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Eugênio Nelson Ritzel e contará com duas turmas, sendo uma formada com alunos do 3º ao 5º ano e a outra com estudantes do 6º ao 9º ano. As inscrições devem ser realizadas na secretaria da escola, com as aulas começando no dia 08 de agosto. Posteriormente, o Curso de Agente Mirim será expandido para outros bairros do município.

O curso contará com seis encontros quinzenais com duração de 2 horas, ministrados por agentes da Defesa Civil, técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, professores e alunos da Universidade Feevale. A cada encontro, um tema diferente será abordado, proporcionando aos alunos uma formação ampla e integrada, com conceitos de meio ambiente e conservação ambiental, desastres naturais, ações emergenciais e primeiros socorros.

“Os Agentes Mirins contribuirão com a educação ambiental da comunidade, ajudando a identificar possíveis áreas de risco de desastres”, comenta o coordenador municipal da Defesa Civil, Tenente Claudiomiro da Fonseca

Também serão realizadas atividades de formação periódicas, com encontros anuais e eventuais, conforme demandas dos órgãos formadores e da comunidade. “Os encontros anuais reunirão todos os alunos formados pelo projeto e servirão para a atualização dos conhecimentos e a troca de experiências entre os alunos”, ressalta Fonseca.

Confira a programação das oficinas:

Oficina 1: Entendendo os riscos e os desastres naturais – 08 de agosto

– O que são, como ocorrem, porque ocorrem, quais os tipos, fatores de risco, prevenção.

– Ministrantes: Defesa Civil e Feevale

Oficina 2: Percepção do risco na comunidade – 22 de agosto

– Saída de campo para avaliar situações de risco

– Ministrantes: Defesa Civil, Feevale e Secretaria de Meio Ambiente

Oficina 3: Áreas Protegidas – 05 de setembro

– APP, Unidades de Conservação, Banhados

– O que é, legislação, função

– Delimitação de APP

– Plantio de mudas (recomposição)

– Ministrantes: Feevale e Secretaria de Meio Ambiente

Oficina 4: Saneamento básico – 19 de setembro

– Gerenciamento de Resíduos Sólidos: Tipos, coleta seletiva, o que acontece com o lixo jogado na rua. Drenagem urbana. Distribuição de água. Tratamento de esgoto.

– Ministrantes: Feevale e Secretaria de Meio Ambiente

Oficina 5: Plano de emergência familiar e comunitário – 03 de outubro

– Como se preparar para uma emergência, como agir durante uma emergência, o que fazer depois de ocorrido. Mapeamento comunitário.

– Ministrantes: Feevale e Defesa Civil

Oficina 6: Noções de Primeiros Socorros e prevenção de incêndios – 17 de outubro

– Técnicas básicas de primeiros socorros que podem ser aplicadas em situações de emergência e ações preventivas contra incêndios. Química do fogo, uso de extintores, classes de incêndio, etc.

– Ministrante: Defesa Civil

 

 

Crédito Arte/PMNH

 

Share This Article

Conferência Municipal debate a Educação em Novo Hamburgo

Next Story »

Próximo Dia G de visita na maternidade ocorre neste mês

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo