sevev
  • Page Views 599

Músicos de bar participam da segunda edição do “Roda de Memória”

Desta vez, o evento promoverá o encontro de músicos de bar hamburguenses, resgatando a história de uma época significativa do movimento cultural local.

Victor Hugo Furtado victor@novohamburgo.org(Siga no Twitter)

A primeira edição do encontro ocorreu em fevereiro, abordando a história dos antigos carnavais.

A ideia é dar continuidade com o projeto com eventos mensais. Desta vez, o evento promoverá o encontro de músicos de bar hamburguenses, resgatando a história de uma época significativa do movimento cultural local.

O titular da SECULT, Carlos Mosmann destaca: “O cidadão hamburguense ainda não tomou para si, a cultura de parar e observar as mudanças. No futuro isso será muito pertinente, lembrar de cada viela do município.”

Mosmann ainda ressalta a oportunidade de arquivar o histórico hamburguense, que por vezes é precário. “Já é feito com freqüência, divulgação de fotos antigas nas redes sociais, páginas exclusivas, porém precisamos disso arquivado, como ferramenta de pesquisa, de uma maneira formal.”

A reunião, que será registrada em vídeo, terá o depoimento de cantores, instrumentistas e antigos proprietários de bares e demais estabelecimentos que recebiam estes músicos.

História

As Pizzarias Hamburguesa e Ponto Chic, na Rua Bento Gonçalves foram palco de apresentação de vários músicos da década de 70. Nos anos 80, o Quiosque da Praça do Imigrante promovia diversos artistas nos sábados pela manhã.

Tivemos, na sequência, o Alles Blau, Pró-cênico, Trapiche, adentrando os anos 90 com o Boca Seca, perto da ACI, e o emblemático Cinema Transcendental, o qual, após o boom da música sertaneja, converteu-se no Bar Talismã.

O estilo violão e voz, não raro acompanhado de bateria eletrônica, fez história também no Via Brasil (Pedro Adams Filho) e no Dinda’s Bar (Marcílio Dias).

Protagonistas

O músico de bar precisa organizar seu repertório de forma que possa agradar o público. Por isso, músicas como Ronda (Paulo Vanzolini), Maluco Beleza (Raul Seixas), Dona (Sá/Guarabira), Admirável Gado Novo (Zé Ramalho) são alguns dos vários Standards que invariavelmente integram as pastas dos cantores da noite.

Os frequentadores, por sua vez, solicitam suas canções preferidas por meio de anotações em guardanapos de papel onde os garçons são os mensageiros.Diferente dos espaços destinados à dança, o bar com música ao vivo se destina ao bate-papo prolongado, acompanhado de chopp ou cerveja, e petiscos.

Convidados

– Xandy Guitar (Guitarrista, cantor e produtor musical)

– Débora Sarmento (Alles Blau)

– Eduardo Ott (tecladista)

– Eliseu (Dinda’s Bar)

– Fritz (Via Brasil)

– Homero (violonista e cantor)

– Paulo Pionner (Cinema Transcendental)

– Procópio (violonista e cantor)

– Denise (cantora da Dupla Rogério & Denise)

– Salim Roger (violonista e cantor)

– Tide Santos (tecladista)

A iniciativa é da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo, por meio da Secretaria de Cultura – SECULT. O encontro ocorre na Fundação Ernesto Frederico Scheffel (General Daltro Filho, 911 – Hamburgo Velho) na quarta-feira, dia 13 de março, a partir das 20 horas.

Informações de PMNH

FOTO: reprodução / PMNH

Share This Article

Brasil: Venda de livros cresce em 2012

Next Story »

Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre ocorrerá em maio

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo