Obra-prima de João Fahrion vai a leilão em Porto Alegre

Quadro raro de um dos maiores artistas plásticos gaúchos tem lance inicial estipulado em R$ 39 mil. Leilão é nesta terça-feira.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Encontrar um trabalho de João Fahrion é uma tarefa para colecionadores. Quem admira o trabalho de um dos principais artistas plásticos gaúchos, então, tem uma oportunidade imperdível para ter uma obra-prima em casa.

Leia Mais

Conheça outras obras de João Fahrion

Veja todos os artigos que estão sendo leiloados

Um de seus primeiros quadros será leiloado na próxima terça-feira, dia 31, na Agência de Leilões e Espaço Cultural Porto Alegre (Câncio Gomes, 661, Floresta), a partir das 20 horas. Trata-se de óleo sobre tela, retratando uma pescaria, com medidas de 70 x 81centímetros.

A obra tem lance inicial estipulado em R$ 39 mil, parcelados em três vezes de R$ 13 mil. Segundo o leiloeiro oficial Daniel Chaieb, hoje é difícil encontrar um trabalho de João Fahrion no mercado. “São pouquíssimos, ainda mais uma obra-prima. A maioria é de posse de famílias que não se desfazem”, explica.

JOÃO FAHRION (1898/1970) – Nascido em Porto Alegre, foi pintor, ilustrador, desenhista e gravador. Entre 1920 e 1922, estudou em Amsterdam, Berlim e Munique, com bolsa cedida pelo Estado do Rio Grande do Sul. Nas décadas de 30 e 40, ilustrou livros da Editora Globo. Deu aulas no Instituto de Belas Artes de Porto Alegre até falecer. Tem obras expostas no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro e no Museu de Arte do Rio Grande do Sul. É um dos fundadores da Associação dos Artistas Plásticos Francisco Lisboa (1938).

Artes e antiguidades

A Agência de Leilões e Espaço Cultural Porto Alegre organiza leilões de arte e antiguidades mensalmente. Daniel Chaieb destaca, no entanto, que a edição de agosto será diferenciada. “Temos muitas pinturas européias raras sendo leiloadas. Obras produzidas entre os séculos 17 e 19”, conta o leiloeiro. Entre os artigos que vão a leilão nesta terça-feira está também um antigo relógio musical alemão da marca Lenskirsch com 36 discos metálicos, em pleno funcionamento.

Informações de VERSÃO FINAL Comunicaçãoversaofinal@uol.com.br

FOTO: VERSÃO FINAL Comunicação

Share This Article

Coleção Gafanhoto: Rodrigo Pecci lança livro de desenhos

Next Story »

Novo Hamburgo: Quinta edição do “É Música!” reuniu diversos estilos

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo