gremio
  • Page Views 1891

Na final do Mundial de Clubes, Tricolor acabou superado pelo Real Madrid pelo placar de 1 a 0

Eram 21h em Abu Dhabi e 15h no Brasil, quando a equipe gremista entrou em campo, no estádio Zayed Sports City para fazer um dos seus jogos mais importantes do ano. Enfrentar o Real Madrid pela grande decisão do Mundial de Clubes. Não poderia ser diferente e a partida foi difícil, repleta de tensão e nervosismo.

O jogo começou movimentado com o Grêmio bem compactado defensivamente. Quando não estava com a bola, se armava bem, não permitindo a infiltração da equipe espanhola. Com o passar do tempo, o Real acabou pressionando e chegando por vezes ao ataque, mas o Tricolor se manteve preciso e seguro na marcação. A melhor chance gremista na primeira etapa saiu dos pés de Edilson, em cobrança de falta, aos 28 minutos.

Para o segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi manteve a mesma formação. Aos 7 minutos, em cobrança de falta, o Real Madrid conseguiu abrir o marcador, com Cristiano Ronaldo. A primeira alteração na equipe tricolor foi feita aos 17’, com Lucas Barrios que deu lugar a Jael. Já aos 25’, o técnico gremista tirou Ramiro para colocar Everton. A última alteração foi feita com Maicon no lugar de Michel, aos 38’. Infelizmente, as mudanças não tiveram o efeito desejado e o Tricolor não conseguiu a mesma atuação. Foi difícil criar e chegar ao ataque.

Com o resultado, o Grêmio fica em segundo lugar no Mundial de Clubes, terceira vez em que disputou a competição.

 

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Share This Article

IBGE: 50 milhões de brasileiros vivem na linha de pobreza

Next Story »

Polícia Civil descobre depósito de armas e drogas em Canoas

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo