WhatsApp Image 2017-05-15 at 13.39.19 (1)

Coluna Conexão Política – Lei Kandir e o futuro financeiro do estado

Por Guilherme Darros
conexaopoliticavaletv@gmail.com

Pode parecer demasiadamente repetitivo para quem viveu nos anos 90, quando a Lei Kandir efetivamente vigorou após sanção do então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que buscava conter a inflação junto à implementação do Plano Real, falar sobre esse assunto. Hoje, ela nem vigora mais, mas pode ser uma solução fundamental para o reequílibrio das finanças públicas do estado do Rio Grande do Sul. É o que vem defendendo o deputado estadual e ex-prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann (PT), que recentemente participou do programa Conexão Política para falar sobre esse encontro de contas entre o que o estado tem a receber pelos prejuízos da Lei Kandir, algo em torno de R$ 50 bilhões de reais, e que já contém decisão do STF. E o que nós, gaúchos, devemos para a União da famosa dívida pública dos estados, aproximadamente R$ 58 bi.

R$ 15 milhões de reforço no orçamento anual de Novo Hamburgo

Segundo Zimmermann, caso seja feito esse encontro, diversos municípios da região contariam com um reforço no orçamento anual, que em Novo Hamburgo poderia representar cerca de R$ 15 milhões de reais. Questionado do motivo de ainda não haver uma mobilização de prefeitos nesse sentido, o petista disse que “ainda não acordaram”. Lembrando que o STF já deu prazo de 12 meses, no final de 2016, para que o Congresso e o Senado apresentem uma proposta regulamentando esse ressarcimento. Será que eles já acordaram?

WhatsApp Image 2017-05-15 at 13.39.19 (1)
Brasília é a capital dos prefeitos

Aliás, Brasília, essa semana, é a capital dos prefeitos de todo o Brasil, já que está acontecendo a 20ª Marcha dos Prefeitos. Torcemos para que esse encontro de contas que vai beneficiar muito os municípios seja pauta dos prefeitos, e realmente saia do papel.

E dos assessores

Tem políticos da região que não vão sozinhos para a Marcha, e escalam um ou mais assessores, principalmente de imprensa. E claro, tudo pago com dinheiro público. A prefeita Fátima Daudt (PSDB) é ausência no evento.

Ivan Carlos deve ser conduzido à presidência do PP

O policial civil Ivan Carlos, que foi candidato a vereador pelo PP nas eleições municipais de 2016, conquistando 1.016 votos, deve ser conduzido à presidência do partido na cidade em Convenção a ser realizada neste sábado, dia 17 de maio. Ivan conta com o apoio do vereador Issur Koch, e do ex-presidente Leonardo Hoff.

Ivan PP

 

Morde & Assopra

Enquanto na mídia muito se fala que o grupo derrotado por Antônio Lucas (PDT) irá questionar judicialmente a eleição junto à Executiva Estadual, por conta de uma condenação de Lucas, mas que cabe recurso, e eventual débito partidário, ele disse, quando particiou do programa Conexão Política da Vale TV, que diversos pedetistas do mesmo grupo lhe procuraram para dizer que o resultado foi democrático. O famoso morde e assopra.

Reunião marcada

Aliás, Lucas disse já ter reunião marcada com os vereadores do PDT, pois segundo ele, eles possuem indicações na Prefeitura. Ele afirmou ainda que o partido terá candidatura própria em 2020.

WhatsApp Image 2017-05-16 at 14.41.25

 

Share This Article

Operação Triade desarticula organizações criminosas de roubo a bancos no Estado

Next Story »

Abertas as inscrições para a 2ª Edição da Caminhada Turística de Lomba Grande

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo