DSC_4867
  • Page Views 349

Com a vitória, Novo Hamburgo é campeão do interior e garante vaga na semifinal do Gauchão

O Esporte Clube Novo Hamburgo (ECNH) entrou em campo com a vantagem do empate para assegurar uma das quatro vagas na semifinal do Campeonato Gaúcho 2017. Além de garantir seu lugar na penúltima fase da competição com a vitória por 1 a 0 diante do São José, em casa, o Noia também faturou o título de Campeão do Interior. O confronto foi difícil, pegado e duro durante os 90 minutos, mas o time de melhor campanha pensou só em jogar futebol e foi premiado com a vitória. O volante Jardel, aos 6 minutos da segunda etapa, decretou o triunfo anilado sobre o Zequinha. O próximo desafio da equipe comandada por Beto Campos será contra o Grêmio, na Arena.

O jogo começou truncado e com muitas faltas. O árbitro da partida, Vinícius Amaral, foi muito exigido durante os 45 minutos iniciais e distribuiu vários cartões amarelos. Inclusive, Claudinho, volante do São José, foi expulso nos acréscimos. Dentro de campo, aos 15 minutos, a primeira oportunidade clara nasceu de boa jogada do Novo Hamburgo. Após cobrança de escanteio e tabela de cabeça dentro da área, Pablo testou firme e o goleiro Fábio se esticou todo para buscar no canto esquerdo. Após isto, foi a vez do arqueiro anilado, Matheus, fazer firme defesa em uma pancada disparada por Jô, aos 19 minutos.

Por fim, aos 25 minutos da etapa inicial, novamente o Noia voltou a levar perigo para o gol do Zequinha em jogada aérea. Acostumado a fazer bons cruzamentos para o interior da área, o lateral Assis apareceu desmarcado para cabecear com força. Porém, Fábio apareceu mais uma vez para evitar que o ECNH largasse em vantagem.

Já no segundo tempo, o Novo Hamburgo entrou determinado a sair de campo com a vitória. Aos 2 minutos, Renan salvou uma bola em cima da linha, mostrando que os comandados do técnico Beto Campos não desistem e lutam até o fim. Na sequência, aos 6 minutos, o volante Jardel marcou o gol do jogo. Entretanto, o gol que decretou a vaga nas semifinais e o título de campeão do interior teria que ser especial. A história precisa de fatos marcantes e o camisa 8 anilado tratou de escrever a sua para o ECNH. Juninho fez excelente jogada de pivô e serviu o volante. De primeira, Jardel bateu e venceu o goleiro Fábio para fazer Novo Hamburgo 1 a 0.

Depois disso, só deu Noia na partida. O time comandado por Beto Campos empilhou situações de gol nos 45 minutos finais de partida. Jardel novamente, aos 18 minutos, Léo e Juninho Brandão seguiram levando perigo à meta do São José. Porém, lá atrás, Matheus e toda a defesa anilada se mantiveram firmes e seguros para que o Novo Hamburgo garantisse a vitória e, consequentemente, a taça que o ECNH não conquistava há 32 anos.

O plantel do Esporte Clube Novo Hamburgo volta aos treinos na segunda-feira, às 16 horas, para iniciar a preparação do confronto diante do Grêmio, na Arena, pela primeira partida das semifinais do Gauchão.

ESCALAÇÕES:

NOVO HAMBURGO:

Matheus; Renan (Léo), Júlio Santos, Pablo e Assis; Amaral, Jardel, Preto e Juninho; Branquinho (Juninho Brandão) e João Paulo (Lucas Santos). Técnico: Beto Campos.

SÃO JOSÉ-POA:

Fábio; Bindé (Marcel), Everton, Wagner e Dudu Mandai (Canhoto); Claudinho, Guedes, Rafinha e Clayton; Jô e Paulinho (Claudio). Técnico: China Balbino.

 

 

 

Foto: Adilson Germann/Divulgação

Share This Article

Especial pelos 90 anos de Novo Hamburgo no Bairro Santo Afonso

Next Story »

Festival de Cervejas Artesanais reúne apreciadores da bebida na Fenac

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo