Ação desarticula grupos que vendiam drogas em Esteio e Sapucaia do Sul

Entre cerca de 40 presos, estão pessoas de todas as classes sociais, como empresários, motoristas de táxi e de transporte escolar, e frentistas de postos de gasolina que contribuíam para o tráfico de drogas nos municípios.  

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Uma grande operação do Departamento de Investigação do Narcotráfico – Denarc no início da manhã desta quinta-feira, dia 21, desarticulou quadrilhas ligadas ao tráfico de drogas em Esteio e Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Cerca de 350 policiais cumpriram 76 mandados de busca e apreensão e 62 mandados de prisão temporária. Até por volta das 8 horas, cerca de 40 pessoas haviam sido presas.

Para conseguir as provas, a Polícia Civil infiltrou dois agentes especializados entre os traficantes. Conforme o delegado Heliomar Franco, os policiais ganharam a confiança dos vendedores de drogas e, com câmeras escondidas, filmaram todo o processo de embalagem dos entorpecentes e da verificação da qualidade da droga.

“A lei do crime organizado permite a infiltração policial, a filmagem e a ação controlada da polícia. Isso tudo foi autorizado pela Justiça”, garante o delegado.

Durante a investigação, que durou oito meses, foram identificados mais de 70 pontos de vendas de drogas em Esteio e Sapucaia do Sul. A operação foi desencadeada após um pai procurar a Polícia Civil e relatou que o filho estava sendo ameaçado por traficantes. O homem que fazia estas ameaças, conforme o delegado, tinha ligações com outros traficantes das duas cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Entre os cerca de 40 presos estão pessoas de todas as classes sociais, como empresários, motoristas de táxi e de transporte escolar, e frentistas de postos de gasolina que contribuíam para o tráfico de drogas nos municípios.

“A gente sabe que o tráfico de drogas se reestabelece, mas conseguimos tirar a mão de obra do tráfico de circulação. Até mesmo aqueles que iriam aliciar novas pessoas para o tráfico foram presos, além de familiares deles”, disse o delegado Heliomar Franco.

O Denarc tentará agora, através das pessoas que foram detidas, chegar até os fornecedores da droga.

Informações de G1

FOTO: reprodução / PF.gov.rs

Share This Article

Eleições 2014: PSD de Kassab declara apoio à Dilma Rousseff

Next Story »

José Genoino tem prisão domiciliar decretada após passar mal na prisão

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo