ColunaFazendoArte

Queridas mães

Dedico este texto a todas as mães. Biológicas, emprestadas, mães de coração. Mães que dariam a vida pelos seus filhos!

Quando soube que estava grávida, a emoção foi tão grande que não daria para descrevê-la. Ao saber que teria meu segundo filho, a emoção foi enorme, é também tão difícil descrevê-la. E, na terceira gravidez, aconteceu a mesma coisa.

Tenho três filhos e meu amor triplicou. Amo intensamente cada pedacinho deles. A Vitória, com sua meiguice, bondade e simplicidade. O Ian com seu comprometimento, fidelidade, lealdade. A Alice com sua liberdade, iniciativa, amizade. Os três se completam. Cada um do seu jeito, da sua maneira.

Ser mãe nos faz sentir que somos completas, inteiras. Sentir o abraço, o beijo, a admiração de um filho nos eleva, engrandece. A cada dia que passo ao lado deles, sinto que tenho muito a agradecer. Agradecer por estes 23 anos que sou mãe. Agradecer por esta oportunidade única, de sentir este amor infinito. Agradecer aos meus filhos por fazerem parte da minha vida.

Obrigada Vitória, Ian e Alice.

Com todo meu amor, mãe Moni.

Share This Article

Fazendo arte, crianças ajudam crianças

Next Story »

Vamos tirar férias?

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo