Péssimo exemplo do Popeye

Péssimo exemplo do Popeye

Não sou do tipo que fica supervalorizando as coisas e vendo possibilidade de problema em tudo. Têm pais que estão sempre preocupados se este ou aquele desenho animado pode causar isso ou aquilo. Mas eu tenho que admitir que existe um em especial que me irrita profundamente. É o desenho animado do Popeye. Não entendo como alguém que precisa ingerir alguma coisa para ficar mais forte possa ser um herói. Na verdade tenho um “problema” com os três personagens do desenho.

Apesar de já ter sido chamada de Olívia Palitinho na escola (Palitinho porque eu sou muito baixinha), o que me irrita nela é o fato de ser totalmente volúvel. Certa vez um colega me disse que todas as mulheres eram assim. Trocavam de idéia e de par de acordo com a direção do vento. Discordo terminantemente dele. Já o personagem Brutus eu considero o protótipo do troglodita. Ele acredita que tudo pode ser resolver na “porrada” e na sacanagem. Sorte que pelo menos neste desenho ele nunca consegue ficar com a “mocinha” da história. Já na vida real, quanta menina criada como mimo acaba se envolvendo com um Brutus desqualificado.

O que mais me irrita é que muitos jovens com pensamentos ainda fantasiosos acreditam, como o Popeye, que ingerindo espinafre ficarão mais fortes. Não é o espinafre que nos deixa mais forte. E é claro que o espinafre dos adolescentes só é verde como o espinafre. Não tem o gosto nem cheiro dos melhores e se chama maconha. E a grande diferença é que faz mal e não ajuda em nada a crescer de forma diferente. Eles também agora usam cocaína e ectasy. Tomam para “ficar fortes”.

Com o ectasy eles podem ficar dois dias e duas noites sem dormir. Só que não para trabalhar. Ficam sem dormir para que mesmo? Para nada! Sem o espinafre venenoso sentem-se uns fracos, “brochas”, sem condições. Adolescente adora dizer que usa droga com aquele certo ar de poder. Como quem diz: “eu tenho a força”.

Enquanto isso nosso país caminha para o naufrágio com um bando de futuros incompetentes fragilizados. Espinafre pode ajudar a crescer. Mas me dêem um exemplo de alguém que tenha se dado bem com o uso de droga? E não me venham com o tal do exemplo do “grande Maradona”. Para mim, tirando o futebol, ele é sinônimo de vergonha nacional. O que dá força e ajuda a crescer chama-se educação. E enquanto buscarmos esta força em outras coisas não sairemos da eterna condição de estivadores braçais e “brutus”. Precisamos rever nossos heróis.

Share This Article

Falta de Idiotice

Next Story »

Filhos “leva-e-traz”

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo