› É OURO: Flávio Saretta, no tênis masculino
29/07/2007 às 16:21

É OURO: Flávio Saretta, no tênis masculino

O brasileiro Flávio Saretta derrotou o chileno Adrián García por 2 a 1 (6/3, 4/6 e 7/6) em jogo emocionante na Academia de Tênis do Recreio (Zona Oeste do Rio) e ficou com a medalha de ouro na chave de simples masculina de tênis do RIO 2007. O brasileiro salvou dois match points no nono game do terceiro set.


A partida estava programada para o Clube Marapendi, mas foi disputada em quadra coberta devido ao mau tempo no Rio.


O jogo foi cheio de reviravoltas. García começou a partida melhor, quebrou o saque do brasileiro, manteve o seu e abriu 2 a 0 no placar.


No terceiro game, Saretta começou a reagir. Confirmou o seu serviço três vezes, quebrou o do chileno duas vezes e virou o jogo para 5 a 2. García ainda confirmou o seu serviço, mas Saretta sacou bem e fechou o primeiro set em 6 a 3.


O segundo set começou do mesmo jeito que o primeiro. O chileno começou mais concentrado e abriu 2 a 0. E, novamente, Saretta virou o placar. Quando tudo parecia se encaminhar para a vitória do brasileiro, o chileno se recuperou, quebrou o serviço de Saretta e voltou a empatar o jogo em 3 a 3. Aí García seguiu melhor e conseguiu fechar o set em 6 a 4.


O terceiro set maltratou quem sofre do coração. Saretta começou quebrando o saque do chileno, que devolveu a quebra no game seguinte.


Em seguida, García confirmou o serviço e, pela segunda vez no set, quebrou a saque do brasileiro, abrindo 3 a 1. Mas aí foi a vez de o chileno bobear. Saretta devolveu a quebra, manteve o seu saque e tornou a empatar o jogo em 3 a 3. Quando tudo indicava uma nova virada do brasileiro, García se recuperou, manteve o seu saque e, em seguida, voltou a quebrar o serviço do brasileiro.


Bastava ao chileno, então, confirmar o seu saque para vencer a partida e ficar com o ouro. E García esteve bem perto da vitória: abriu 40 a 15 e foi para o saque com dois match points a favor. Mas a adversidade não era de todo estranha a Saretta.


O brasileiro passara por situação semelhante na partida semifinal contra o argentino Eduardo Schwank. E, como no jogo anterior, Saretta se superou. Virou o game, quebrou o saque de García, manteve o seu e empatou o jogo em 5 a 5.


Os dois tenistas confirmaram os seus saques nos games seguintes e o jogo foi para o tie-break decisivo. E só deu Saretta. O brasileiro dominou o set desempate e fechou em 7 a 2, após uma dupla falta do chileno.


Com o triunfo, Saretta repetiu o feito de Fernando Meligeni, que ganhou a medalha de ouro no tênis em Santo Domingo 2003, em final não menos emocionante contra o também chileno Marcelo Rios.


A partida deste domingo foi a quarta entre Flávio Saretta e Adrían García. O brasileiro venceu todas.


Fonte: XV Jogos Pan-americanos Rio 2007


voltar | notícias anteriores |


Leia também outras notícias:

Para quem o Pan fez bem

É PRATA: Rodrigo Pessoa, no hipismo

É OURO: Flávio Saretta, no tênis masculino

É OURO: Brasil é tricampeão pan-americano no basquete

É OURO: Franck Caldeira, na maratona

É OURO: Brasil dá show no vôlei masculino

É OURO: Jadel Gregório, no salto em distância

É OURO: Brasil vence nos 4x100m

É OURO: Fabio Silva, no salto com vara

Show de ouros na vela brasileira

Final do basquete será entre Brasil e Porto Rico

É OURO: Sabine Heitling, nos 3.000m com obstáculos

É BRONZE: Brasil fica em terceiro no nado sincronizado

Mau tempo atrasa tênis e softbol

É OURO: Brasil vence Argentina e fica com título no futsal

É OURO: Pedro Lima, no boxe

É OURO: Juliana Santos, nos 1.500 metros

É OURO: Meninas do Brasil ganham na ginástica rítmica

Equador é campeão no futebol masculino

É OURO: torneio de saltos por equipes no hipismo



buscar