Senado planeja investir na compra de 81 tablets

A partir do ano que vem, os 81 senadores brasileiros passarão a trabalhar com tablets. A iniciativa ganhou selo de medida ecológica, pois vai contribuir para economia de papel – centenas de folhas são gastas com a impressão de pautas e relatórios dos assuntos em discussão, segundo o jornal O Globo.

O valor unitário de cada um será, no máximo, R$ 200. É o que afirma o 1º secretário da Mesa, senador Cícero Lucena (PSDB-PB). Assim, o custo total dos tablets ficará em R$ 16,2 mil. O valor vai depender de como será o convênio fechado com uma operadora de telefonia.

Deixar uma Resposta

*