Android foi o maior alvo de vírus no segundo trimestre

Houve um tempo em que vírus era uma coisa inconveniente que causava algum tipo de doença nos seres humanos. A parte do inconveniente permanece, mas hoje o termo também é aplicado a programas de computadores e… celulares.

E, bom, celular também já existiu só para fazer ligações. Mas isso já faz um certo tempo.

Nesta quarta, a McAfee, multinacional de segurança em informática, informou que o sistema operacional (que também não é mais sinônimo de computador, falando nisso) de plataformas móveis mais visado por softwares maliciosos foi o Android, da Google. Aplicativos modificados que corrompem jogos e softwares “normais” foram os mais distribuídos no segundo trimestre de 2011.

Deixar uma Resposta

*