Depois de explosão, Google+ perde 60% dos seus usuários

No mês passado, a rede social Google+ liberou o acesso a todos os interessados e cresceu 1200%. No entanto, um relatório da empresa Chitika Insights aponta que há um grande número de contas inativas: o número de usuários caiu 60%.

Ainda assim, a empresa de análise afirma que o Google+ pode, sim, ser alternativa ao Facebook. Mas é preciso adicionar novos recursos – e num ritmo intenso.

Acontece que, é bom lembrar, a rede social de Mark Zuckerberg não está estacionada: tanto que, na sua última conferência anual de desenvolvedores, a F8, o Facebook anunciou novidades como a “timeline”, que altera – e muito – a forma de usá-lo.

 

Informações da revista Exame

Deixar uma Resposta

*